Mais forte é seu libertador!

Proclame com muita fé essa Palavra: mais forte é o meu libertador!

“Eis o que diz o Senhor dos exércitos: andam oprimidos os israelitas, assim como os judeus. Aqueles que os levaram ao cativeiro os detêm, recusando-se a libertá-los.
É forte, contudo, o seu vingador, cujo nome é Senhor dos exércitos; e defender-lhe-á com ardor a causa, a fim de que volte a calma ao país, e faça tremer os habitantes de Babilônia.” (Jeremias 50,33-34)

Padre Roger Luis - 269x329

Padre Roger Luis durante pregação no acampamento de Cura e Libertação – Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Esse capítulo traz uma experiência muito dura, muito humilhante que o povo de Israel vivia. Eles estavam distantes do projeto de Deus para eles, e isso não era culpa do Senhor que não olhava para eles, mas porque seguiam coisas erradas, haviam abandonado o Senhor e tinham cedido dos caminhos de Deus. Portanto, Deus não tinha mais o que fazer senão permitir que aquele povo sofresse, o estado de escravidão era a forma de se aproximarem do Senhor novamente.

Muitas vezes, o diabo não quer possuir as pessoas, mas as levar ao pecado. Você acha que comer biscoito todos os dias pela manhã e pela tarde vai sustentá-lo? Assim é nossa vida com Deus: rezarmos um Pai-Nosso e uma Ave-Maria vai nos sustentar em Deus?

Em nossa nação está sendo semeado um racismo mentiroso, uma divisão que está sendo implantada no meio de nós. Estude a história e veja que isso não faz parte da nossa nação. Esse povo viveu a influência pagã. Abandonaram o Deus verdadeiro e foram para falsos deuses. Assim também nós que somos cristãos estamos sendo doutrinados a regras pagãs e estamos aceitando-as.

Em nossos bolsos estamos experimentando a carestia de nossas opções erradas. Jeremias foi usado por Deus para falar concretamente, pedia cuidado com os profetas da corte que massageia o ego dos reis. Ele provavelmente perdia a voz, a reputação para falar de Deus.

O império babilônico pensava ser imbatível. Deus se colocava contra a babilônia, que foi por um tempo chicote nas mãos d’Ele para corrigir Seu povo.

Aqueles que se enfurnaram na escravidão, Deus está tomando a decisão de libertá-los nestes dias. Mais forte é o meu libertador! A cultura neo-pagã tem vindo com força. As propostas do diabo, as tentações, são muito fortes; mas assuma para sua vida que mais forte, porém, é o seu libertador.

Proclamemos com muita fé essa Palavra: “Mais forte é o meu libertador!”. Ao declarar isso, estamos dizendo ao diabo que Ele é fraco perante o poder de nosso Deus.

Somos convidados a proclamar, ainda que vivendo muitas dificuldades, que o Senhor é nosso soberano.

Precisamos cuidar do que estamos alimentando em nós. Pesquisas atuais da neurociência afirmam que pessoas viciadas em masturbação tem um comportamento cerebral de pessoas viciadas em crack. Precisamos declarar e assumir que o Senhor é mais forte, porque Ele é libertador.

A doença, os problemas na sexualidade não são mais fortes que o Senhor. Vamos dar o poder e a autoridade para quem realmente tem, ninguém tem mais força que Deus. O poder do Senhor abarca todo o universo.

O Senhor é Deus do universo e comanda todas as coisas. Quando o povo tem a ciência da totalidade do poder de Deus, a força da fé e esperança, o Senhor ouve o gemido, o clamor de seu povo que sofre a opressão.

O governo de sua vida está nas mãos de Deus?

Aquele que governa tem o poder de assinar, decretar e tomar decisões. É o Senhor quem tem governado sua vida? Você O tem obedecido, aceito as propostas de avanço? Se olhar para sua história pode constatar isso?

Estou propondo que você entregue sua vida a Deus. Eu garanto que você vai tocar nos milagres, nos cumprimentos das promessas do Senhor para sua vida. Queremos o peixe, mas não queremos pescar. Queremos receber o peixe, tudo pronto, mas não queremos fazer nada, deixar nada. Estamos treinados para sermos um povo fraco, mas não podemos nos acostumar com isso. Precisamos aprender a conquistar as coisas.

Padre Roger Luis - 595x420

Participantes do encontro durante a pregação do padre Roger Luís – Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Existem pessoas treinadas, governadas pelo sexo. Elas dormem e acordam pensando em sexo… Quero dizer a elas que não é Deus quem governada a vida delas. Há muita gente governada pelos vícios, que vivem em função deles. Já vi pessoas que saíram da Missa para fumar, por exemplo. Não estou acusando, mas a pessoa está sendo dominada pelo vício; e não só o cigarro, mas as drogas, o sexo, a internet e tantos outros mais.

Quem manda na minha vida sou eu!

Muitas pessoas afirmam: “Quem manda na minha vida sou eu!”. O que você faz com isso? Se você não entregar o governo de sua vida nas mãos de Deus, você não vai alcançar os propósitos que estão no seu coração.

Deus não tem um pouquinho para você, ele tem muito! Deseje o governo do Senhor sobre sua vida, porque mais forte é o seu libertador. É bonito ler a carta aos Romanos, quando São Paulo diz que o Deus da paz esmaga a cabeça de satanás embaixo dos nossos pés.

Qual o maior símbolo da força de Deus?

Temos abraçado infelizmente o governo deste mundo. “O diabo age no mundo, mas não pode agir no mundo sem a colaboração do homem”, diz Bento XVI, e é isso que temos visto. O demônio está tentando destruir nossas famílias e a Igreja, mas mais forte é o nosso libertador, o mau não conseguirá nos destruir, ainda que sobre um restinho de pessoa, o Senhor no fim destruirá com um sobro as obras do inimigo. Qual a onipotência do amor, o maior símbolo da força de Deus?

Precisamos ser como Jesus que se humilhou, foi obediente até a morte de cruz. Bento XVI diz que, quando Jesus estava no pó, com a cara no chão, o céu tocou a terra por meio da obediência. Quando nos submetemos a Deus, o céu acontece em nossa vida.

A cruz é a visibilidade da força, porque o Senhor foi capaz de sofre a rejeição e a dor. A dor psicológica da rejeição foi maior que a física, ainda assim ele passou pela morte e venceu.

Não tem nenhuma possibilidade de derrota, porque fomos salvos pelo sacrifício de Jesus na cruz. A cruz é iminência central de nossas vidas. Toda luz da vida é emitida para Igreja pela cruz do Senhor.

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

Adquira esta pregação pelo telefone (12) 3186 – 2600

contribuicaocn1

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo