Libertos da escravidão do pecado

O Senhor quer nos libertar da escravidão do pecado

Rogéria Moreira
Foto: Arquivo/cancaonova.com

A Palavra que vai nortear essa pregação está no Evangelho de João 8,31 ss. A tradução da minha Bíblia da CNBB diz: “Jesus, então, disse aos judeus que acreditaram nele: “Se permanecerdes em minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos tornará livres”. 

Qual é a escravidão da qual Ele fala aqui? É a escravidão do pecado, pois este nos escraviza. Quando estava rezando pela manhã, o Senhor me deu uma palavra e uma direção para este, que está no livro de Jeremias 30,8 “Naquele dia, diz o SENHOR dos exércitos, quebrarei a canga que está em teu pescoço, arrebento também as correntes que te prendem, para que esses estrangeiros não mais te escravizem”.

Vejam só, o Senhor está nos dizendo, mais uma vez, que Ele quer nos libertar da escravidão. Aquele que está escravo do pecado não pode ganhar a vida eterna, ser livre para Deus.

Ainda no versículo 17, diz o Senhor: “Vou, então, fazer-te um curativo, pôr remédio nas tuas feridas”.

Reze comigo: “Obrigado, Senhor, por essa palavra, por essa promessa que nos dá no dia de hoje. Eu assumo que preciso de libertação, eu desejo ser curado. Cura, Senhor, as minhas feridas, retira as correntes do meu pescoço. Desejo ser totalmente livre, para que essa promessa se cumpra em minha vida”. 

O pecado nos mal e nos adoece. Em Romanos, São Paulo nos exorta que o salário do pecado é a morte. Claro que o desejo de Deus é nos libertar totalmente; e aqueles que procuram andar nos caminhos d’Ele encontram saúde para sua alma.

Assista a um trecho da pregação:

Leia também:

Quando somos vulneráveis ao mal
Jesus, Senhor e vencedor!

Transcrito e adaptado por Adailton Batista


Rogéria Moreira


Missionária da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo