A vida é um ciclo

A vida é um ciclo rumo ao céu

A_vida_é_um_ciclo

Carla Astuti e Cleto Coelho. Foto: Arquivo Canção Nova

“Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele.” (São João 3, 16-17)

“Precisamos ter uma família santa, porque a vida é um ciclo rumo ao céu e a via de santificação é possível com  fé, esperança, amor e com oração, mas também com paciência.” (Carla Astuti)

“Quando meu pai morreu, eu pensava que seria um alívio para nossa casa. Porque, quem tem alguém com algum vício em casa, sabe como é difícil. Como uma pessoa pode amar tanto o esposo que era inútil, em um determinado momento da vida? Como pode amar tanto a ponto de dizer que ele faz falta? Isso é amor incondicional! Não posso impor condições para amar minha esposa, meus filhos. Eles estão sujeitos a cometer erros, mas preciso amar. Perdoar!” (Cleto)

“Muitas vezes, gostamos das pessoas por aquilo que elas fazem, mas precisamos mudar essa visão. Precisamos amar por aquilo que elas são. Temos que amar nossos filhos, nossos pais, não por aquilo que eles fazem, mas por aquilo que eles são. Deus nos fez únicos, cada um é de uma forma diferente. Deus nos fez assim e precisamos ser assim, amar as pessoas pelo que elas são.” (Carla Astuti)

“Eu luto pela família, acredito na família! Essa passagem bíblica de São João 3, 16-17 fala do amor de Deus que pensou em nós, que veio para nos salvar. Então, quando repetimos: ‘A vida é um ciclo que nos leva para no céu’, não nos desesperamos quando vem a angústia, quando vem o sofrimento. Seja qual for o grau em que chegue o seu filho, até mesmo de pecado, Deus continua olhando como filho. Somos filhos de Deus, somos benção! Todos nós estamos sujeitos a cair, fracassar.” (Cleto)

“É importante acreditarmos nos nossos filhos e sermos presente na vida deles.” (Carla Astuti)

“Precisamos fazer nas nossas casas a brincadeira de amar, não isolar, não tratar com indiferença. Os irmãos podem se unir para dar uma qualidade de vida àqueles que ficaram anciãos. Temos um olhar de compaixão, a sensibilidade volta em nós, quando temos contato com essas pessoas mais velhas.” (Cleto)

“O nosso ciclo se encerra no céu e a nossa maior missão é rezar pela conversão dos nossos. O mundo está perdido, mas com Deus tem jeito!” (Carla)

“A vida é um ciclo, hora ou outra estaremos preocupados. Junto com a preocupação vem o desespero, a desesperança, mas a oração é que nos anima a continuar e não desanimar. No ciclo da vida passamos pelo mistério doloroso, mas chegaremos ao ciclo glorioso que é da ressurreição. Estou sempre acreditando na ressurreição, na transformação, na mudança. Jesus levanta o filho da viúva de Naim, e precisamos viver o que o Papa Francisco nos diz, viver a alegria. Deus é capaz de trazer a conversão. Nesse ciclo da vida, Deus é capaz de transformar a enfermidade em saúde, de transformar a realidade que pra você é impossível. Deus jamais vai nos abandonar!” (Cleto)

“Convide sua família para fazer a experiência de rezarem o terço juntos, faça a experiência de contemplar Jesus passando pelo ciclo da sua vida e buscar não somente fechar o ciclo, mas caminhar rumo ao céu.” (Carla Astuti)

“Este livro Pra frente! A vida continua… surgiu diante do testemunho de muitas pessoas que viveram perdas. E este livro surgiu para dizer para as pessoas: ‘Sua vida precisa continuar, não pode parar em razão das perdas!’ Viemos de Deus, estamos no agora e voltaremos para o Pai do céu. Acreditamos na ressurreição, na vida eterna. Pra frente, porque a vida continua eternamente!” (Cleto)

Ouça trecho da pregação:

 

Transcrição e adaptação: Míriam Bernardes

Adquira esta pregação pelo telefone: (12) 3186-2600

contribuicaocn1

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo