O Pai e o Filho revelados pelo Espírito

o_pai_e_o_filho_revelados_pelo_espirito

Padre Anderson Marçal. Foto: Arquivo/cancaonova.com

Quero ajudar você a fazer a experiência com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, que é Uno e Trino. Você é templo de Deus.

Pegue o Evangelho de São João 14,21-23.
Mistério não se explica, mistério se experimenta. Quem ama Deus, guarda a Sua Palavra. Nós somos chamados a ser habitados pela Santíssima Trindade, afirma o Catecismo da Igreja Católica. Em Coríntios lemos: “Somos templos do Espírito Santo”; e o Catecismo ainda diz que nós “somos habitados” pelo Pai, pelo Filho e pelo Espírito Santo.

Você já se sentiu abandonado? Sentiu-se porque quis, pois jamais esteve sozinho! Um sinal de que alguém está sentindo um vazio interior é quando essa pessoa abre a geladeira e vê que não quer nada; olha o armário e vê que não tem nada. Alguns cientistas dizem que, na verdade, ao fazer isso, é porque ela quer preencher o vazio e a solidão. Sabe quando você quer comer aquela coisa que nem você mesmo sabe o que é? Na verdade, você não está querendo comer nada, mas está querendo se sentir habitado por Deus. São sinais que o nosso corpo dá quando não nos deixamos ser habitados pelo Senhor.

Nós somos habitados por esse Deus que faz chover e que, logo em seguida, pode fazer vir o sol. Quando a pessoa abre a geladeira, como no caso citado acima, ou ela está sentindo falta de Deus ou ela tem pensamento de gordo. Por isso, muitos, ao pararem de comer, sentem um vazio interior. Quando Jesus diz que nós só amamos a Deus se guardamos o Seu mandamento e a Sua Palavra, Ele nos dá a resposta: “o Pai nos amará!” É porque o Pai ama. E o Pai diz: “Nós viremos e faremos a morada nele”.

Santo Agostinho queria colocar todo o mistério de Deus dentro de sua cabeça; fato impossível, assim como o mar não cabe dentro do buraquinho. Esse mesmo santo e doutor da Igreja, tentando traduzir o que São João diz na sua primeira carta: “Que Deus é amor”, afirma que o Pai é amante, não porque Ele é a segunda Pessoa que ama (como num casal), mas porque Ele é amor. O Pai, por ter nos criado na liberdade, nos dá liberdade até mesmo de poder dizer “não” a Ele. Isso é amor. Ao nos criar livres, Ele está nos amando. O verdadeiro amor gera liberdade. Se o Pai é aquele que ama, o Filho é o amado. Por isso Jesus não é “carente” e foi capaz de ir até a cruz por amor a nós. Jesus se sente amado, Ele é amado e é “o Amado”. Se o Pai é o amante, o Filho é o amado, na relação dos Dois, o Espírito Santo é o amor.

o_pai_e_o_filho_revelados_pelo_espirito

“Quem é cheio do Espírito Santo transborda amor por onde passa”, afirma padre Anderson Marçal. Foto: Arquivo/cancaonova.com

:: Veja mais foto no flckr

Nós fomos batizados, crismados e somos habitados pelo Filho, pelo Pai e pelo Espírito Santo de Deus. “Quem acolhe e observa os meus mandamentos, este me ama. Quem me ama, será amado pelo meu Pai […]”, afirma Jesus. Entenda uma coisa: Jesus diz: “Quem acolhe e observa os meus mandamentos”. Se seguimos os mandamentos de Deus e nos submetemos a Ele e ficamos apenas com o que Deus nos dá, nós não nos deixamos corromper e adulterar por outras coisas, e não nos conformamos com as situações de pecado. O Senhor nos dá condições para que nós mudemos. Não podemos ficar vivendo como qualquer um, mesmo que o Pai acolha as nossas misérias. Somos pecadores e caímos muito, mas não podemos admitir ficar na vida de pecado. Quanto mais nós nos permitimos ficar em uma situação irregular de pecado, tanto mais a nossa consciência será corrompida. E consciência corrompida é perda da alma! O maior problema não é pecar; o problema maior é cair e ficar ali em uma situação que vai apenas nos corrompendo.

O que é que Deus fala sobre a família? Sobre o casamento? Em plena cidade de São Paulo, houve uma manifestação em favor da legalização do aborto. Muitos dizem que aborto não é crime. O aborto não é o assassinato de uma pessoa!? Afirmam: “Faça o que quiser com o seu corpo!”, mas aquele corpo que está sendo gerado em você não é você mais! É outro ser humano! De religiosidade essas pessoas estão longe, porque elas levantam as placas dizendo que o aborto não é crime.

Que diferença existe entre a criança que está no ventre materno e é morta e a criança que depois que nasce é morta? Nenhuma! Fazer o aborto é crime.

Se nos deixarmos habitar pela Santíssima Trindade vamos amar e ser amados. Quando é que vou me sentir amado por Deus? Quando eu sou habitado pelo Pai, e o Pai, em mim, ama Jesus.

Quem é amado de Deus não precisa ficar fazendo barulho por aí fora. Se somos habitados pelo Pai, nós somos amados por Ele. Quando observamos os mandamentos, o Pai, em nós, nos faz nos sentir amados. Eu não sei quantas vezes você quis abandonar a Deus e disse para Ele: “Não Te quero mais!”. Mesmo que você tenha dito isso a Ele, o Pai continuará lhe dizendo: “Eu te amo”. Porque o Seu amor está na eternidade e, mesmo que sejamos os piores filhos, Ele continua a nos amar.

Depois de todo esse amor de Deus, só podemos amá-Lo. E amor é decisão. Amor que não é dito é perdido. Você diz que ama a sua (seu) esposa (o)? No começo do casamento, tudo é lindo, passa o tempo, sentados na mesa, nem se falam mais.

Sabe aquela pessoa que você ama e que você não esquece de dar o presente de aniversário? Aquela que você se sente seguro por estar ao seu lado? Muito mais deveríamos sentir isso por nosso Deus! Não tem como nós não sermos recíprocos com o amor de Deus. Se somos habitados pelo Amante e pelo Amado, precisamos ser o transbordamento do amor. O que é uma pessoa cheia do Espírito Santo? Quem é cheio do Espírito Santo transborda amor por onde passa. Transborda amor nas palavras, no seu jeito de acolher e de ser.

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio

Adquira esta pregação pelo telefone: (012) 3186-2600

contribuicaocn


Padre Anderson Marçal


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo