A resposta no sofrimento

A coisa mais linda que o monsenhor Jonas me ensinou é que Deus é uma pessoa, é alguém. Ele é nosso Senhor Jesus Cristo e me ama profundamente. A coisa mais linda foi entender que Ele não está no céu me olhando de binóculo. É isso que vai transformar grandes pecadores.

Como não acreditar em Deus olhando para a noite estrelada, para os rios na época das cheias ou o canto do sabiá? No entanto, há muitos que creem em Deus, mas não creem em Jesus Cristo.

Muitos riem da cruz, mas nós, que temos fé, olhamos, sorrimos para o Cristo, não do Cristo, porque Ele nos ama. Ele é uma pessoa que nos entende. Jesus sentiu medo, fraqueza e quando estava suando sangue, angustiado, seus amigos estavam dormindo. Quem já disse “meu Deus, por que o Senhor me abandonou? Ele também disse, por isso entende você e tem as respostas para as suas perguntas. Quem tem um pedido que não foi atendido por Deus ainda? Quem não entende algo que acontece na sua vida?

Quando nós O buscamos, Ele nos dá respostas concretas. Por isso, essa vida nova vem e nós temos forças mesmo quando não temos a resposta. Mesmo quando perguntamos: “por que Deus?”, como é bom entender o silêncio d'Ele!

Não pense que o seu sofrimento foi em vão, ofereça-o a Deus.
Foto: Robson Siqueira/cancaonova.com

O que nós precisamos saber é que essa vida nova vem pelo Sangue de Jesus. O seu sofrimento, a sua dor tem sentido. Não pense que o seu sofrimento foi em vão, ofereça-o a Deus, porque a vida nova vem d'Ele. Fomos sepultados com Ele. O Senhor não é alguém esparramado no céu, longe de nós, Ele é alguém próximo. Como é bom entender que ele não nos abandona e saber que, mesmo quando não O vemos, ele está ao nosso lado.

Você precisa ter um encontro pessoal com o Senhor. Quando você está no fundo do poço, não tem mais para onde ir, tenha o seu encontro pessoal com Jesus. Diga: “Eu O quero na minha vida, Jesus. Deus sendo o que fazemos por Ele.

Deus vê o seu coração do jeito que ele está. Ele vê você como você está. Não espere o sofrimento chegar nem diga “foi Deus quem quis assim”, mas o sofrimento está aí. Deus não nos poupa daquilo que nós temos que enfrentar e, se a cruz é sua, abrace-a. Pode ser que a sua cruz seja um pai que bebe, que espanca ou que o expulsou de casa, mas ele é seu pai, é sua mãe. Se a cruz é sua, por que culpar os outros? Pegue a sua cruz e tenha vida nova em Cristo.

Deus fala nas entrelinhas e, muitas vezes, só vamos entender as coisas de joelhos. O Senhor quer nos levar a professar a nossa fé de maneira concreta.

O que Jesus quer, hoje, é falar ao seu coração. Não tire os seus olhos da cruz. Peça perdão ao Senhor pelo tempo que você o abandonou, que você não acreditava que Ele o amava. Renove a sua entrega mesmo diante das coisas que você não entende, não aceita. Entregue ao Senhor a sua vida, confie que Ele ama você.

Deus ama você, Ele o entende e o acolhe como você é.

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600



Diácono Nelsinho Corrêa


Cantor e Missionário da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo