Alegria, segredo de Paulo

Padre Paulo Ricardo
Foto: Robson Siqueira

É uma alegria estarmos reunidos na casa de Deus. E esse é o tema que eu quero falar nessa pregação, a alegria no Senhor.

“Alegrai-Vos sempre no Senhor” (Filipenses 4,4).

É próprio do jovem a alegria, mas de onde vem alegria do jovem? E como distinguir a alegria falsa da verdadeira alegria? Como a gente faz isso? Eu quero fazer a reflexão dessa alegria, por isso eu tomo a figura de São Paulo.

A Igreja está celebrando o Ano Paulino, precisamos durante todo este ano estar atento a figura de São Paulo. Ele é o grande apóstolo da juventude. Ele também viveu uma juventude no pecado antes da conversão. São Paulo se converteu por volta de seus 20 e poucos e anos, ele estava presente quando o primeiro mártir da Igreja foi apedrejado.

Na Carta aos Filpenses, dezesseis vezes São Paulo fala de alegria. Mas qual será a situação que ele vivia para exortar tanto os Filipenses à alegria? São Paulo escreve essa carta na prisão, ele estava nas correntes, então nós ficamos agora perdidos, como pode São Paulo prisioneiro, perseguido e prisão não é coisa boa, dizer: “Alegrai-vos no Senhor”. Quem é o segredo de Paulo?

Quando se fala da alegria, o jovem olha para aquele balão lindo, mas vazio por dentro. Às vezes os jovens ficam alegres na rua, brincam com seus amigos, mas chegam em casa e fecham a cara, então a alegria não era verdadeira.

Jovem gosta de andar em grupo, o jovem sem a turma fica completamente perdido. É importante que você jovem, encontrando sua turma em Cristo saiba viver na verdadeira alegria.

Para entendermos a alegria, vamos entender a tristeza primeiro. A tristeza é dom de Deus. Não fique espantado! Quando Deus criou o homem ele deu a ele a tristeza para que quando o homem perdesse Deus ele ficasse triste e voltasse a Ele. Foi o presente para o filho pródigo, que quando estava com os porcos disse entristecido: “Vou voltar para a casa”.

Se você jovem está triste é porque você perdeu um deus. Se o seu deus é o prazer, e se você busca a felicidade no prazer e encontra a falsidade desse deus, você fica triste. Quando você perde seu falso deus, você fica triste.

"Se um caiu, o outro ajuda levantar"
Foto: Robson Siqueira

Se você anda triste é porque você está perdendo alguma coisa que está ocupando o lugar de Deus. O sexo é dom de Deus, mas se você usa mal o sexo, ele também pode servir para o mal. Tudo aquilo que é dom de Deus pode ser usado para o bem e para o mal. A tristeza é dom de Deus para que a gente caia na real. Talvez você usa a tristeza para ficar revirando como porco na lama, chorando a morte de seu falso deus. A conversão consiste nisso. Se você está triste examine sua consciência, e veja qual foi o deus que morreu. Talvez essa tristeza seja por causa do pecado que te leva à conversão, aí a tristeza é um bem.

Se você faz da sua namorada uma deusa, ou do seu namorado deus, você irá se perder. Quando você transforma seu namorando em um deus e vê que ele não vai dar conta de ser o deus que você queria, a tristeza toma conta do relacionamento. Ninguém pode preencher o lugar de Deus no nosso coração.

Como é a verdadeira alegria? Vamos olhar para São Paulo, ele é um gigante, veja o que ele escreve na Segunda Carta aos Coríntios:

“Muito mais pelos trabalhos, muito mais pelos cárceres, pelos açoites sem medida. Muitas vezes vi a morte de perto. Cinco vezes recebi dos judeus os quarenta açoites menos um. Três vezes fui flagelado com varas. Uma vez apedrejado. Três vezes naufraguei, uma noite e um dia passei no abismo. Viagens sem conta, exposto a perigos nos rios, perigos de salteadores, perigos da parte de meus concidadãos, perigos da parte dos pagãos, perigos na cidade, perigos no deserto, perigos no mar, perigos entre falsos irmãos! Trabalhos e fadigas, repetidas vigílias, com fome e sede, freqüentes jejuns, frio e nudez! Além de outras coisas, a minha preocupação cotidiana, a solicitude por todas as igrejas!” (II Coríntios 11,23-28)

É esse homem, com esse currículo dentro da prisão que diz: “Alegrai-vos no Senhor”. Essa alegria de São Paulo, não vem da cocaína, quando ele escreveu aos Filipenses ele não estava chumbado, ele estava cheio da alegria que vem do céu, é essa a nossa alegria.

O que você precisa saber é que existe uma alegria que não passa depois que apaga as luzes do sábado à noite. Eu sei que você quer a alegria que se apaga com as luzes de sábado à noite.

Na prática como se dá essa alegria? São Paulo foi “atropelado” por Jesus, no momento que ele mais odiava Jesus. E ali ele experimentou que aquele que ele mais odiava é que mais o amava. A experiência de ser amado no pecado foi a experiência que mudou a vida de Paulo. Por isso ele ficava irritado com os judeus que diziam que para ser amado por Deus tinha que ser obediente a Deus, ele seguia a lei e odiava a Jesus. Com toda obediência não se sentia amado. Ele ficava irritado com os judeus porque ele sabia que a fonte da alegria dele era ter sido amado por Deus quando ele ainda estava no pecado.

Meu irmão, Deus ama você do jeito que você está. Ele vai te buscar quando você está no meio do pecado, e essa é a grande experiência de São Paulo.

São Paulo vê claramente que aquelas prisões não são nada diante da forma que Deus o amou e que ninguém é capaz de amá-lo. Saber que sou amado assim, e passar a vida com esse olhar, faz toda a diferença do mundo. É você saber que mesmo coisas ruins acontecendo, Deus o ama mesmo assim.

Nós estamos falando de São Paulo que fazia curas e milagres; até o guardanapo dele curava, está aí o significado das relíquias. No entanto esses milagres não evitaram que ele terminasse sua vida na prisão. Em nenhum momento ele quis fazer um milagre para si. Ele não quis estar livre do sofrimento, mas em todo momento ele ofereceu seu sofrimento para que todos soubessem desse amor que Deus tem por nós.

"Alegre-se em Deus. Deixe para trás o seu pecado e se lance para Deus"
Foto: Robson Siqueira

Meus irmãos, a centralidade da nossa fé é essa. Por isso cuidado com os “cães”! Os “cães” que estão operando, os falsos pregadores do Evangelho que querem fazer da Igreja de Cristo supermercado da fé. Você paga e recebe a graça que você quer, a prosperidade. Como falar de prosperidade, tem alguém que deu mais a vida por Deus que São Paulo e tem toda essa lista de sofrimento?

Qual é o caminho que satanás usa para gente perder a fé? Primeiro ele põe um deus falso na nossa cabeça. Se você dá dez e ele te dá mil, quando isso não acontece, satanás vem e fala que deus não existe, e se existe ele não liga para você.

Meus irmãos, aprendamos com São Paulo, o amor de Cristo nos impele, e essa alegria de ser amado por Deus, mesmo no meio das nossas fragilidades, ninguém pode roubar de nós. Se você caiu, levante-se pela milésima vez, tenha a coragem. Essa é alegria de Paulo. Nós estamos aqui, mas não é para este mundo, pois no céu está preparado uma glória para nós. Esse é o segredo de São Paulo. Ele poderia ser um deprimido, teria todo o direito de reclamar de Deus, mas ele não reclama e no meio das dores ele diz: “Alegrai-vos no Senhor”.

São Paulo ainda diz: “Eu corro para alcançar a Cristo, Ele já me alcançou, mas eu ainda não alcancei”. Você que é jovem PHN sabe que Cristo já alcançou você, e se São Paulo diz isso, nós também devemos dizer. E São Paulo diz: “Deixando o que está para trás e me lanço a meta. Se São Paulo diz que ainda não alcançou a Cristo, o que nós devemos e podemos dizer é que ainda não alcançamos a Cristo. Deixe o que é velho para trás e se lance a Cristo, nesse heroísmo.

Não existe heroísmo maior que ser de Cristo. Então jovens, vocês que andam em manadas, ajude um ao outro. Para você ser cristão de verdade, você precisa se unir a sua comunidade e é na comunidade que você será cristão incentivando uns aos outros. Na comunidade nós nos purificamos e nos damos forças, se um caiu, o outro ajuda levantar. Uma das coisas para a gente sair do pecado é tirando os outros do pecado.

Depois de dezesseis anos de padre, eu ainda preciso alcançar a Cristo. São Paulo é o nosso modelo, porque ele se deixou consumir pelo amor aos irmãos. Hoje a gente se cansa nas viagens e começa a reclamar se a conexão atrasa; pedimos a Deus para o avião chegar logo. Ali eu me lembro de São Paulo, e vem a vergonha de não ter a alegria de São Paulo e peço perdão a Deus.

Eu não sei como é sua comunidade, mas seja cristão com os outros e para os outros. Não entre na Igreja para sugá-la, mas para doar a sua vida porque você já foi amado. Você entrou na Igreja para amar porque você já foi amado. Não reclame da Igreja, mas ame a Igreja. Não reclame das pessoas que Deus colocou ao seu lado para sua santificação, pois você já foi amado.

A caridade de Cristo nos impele. Eu deixo a vida velha e me lanço nos braços de Cristo. “Alegrai-vos no Senhor”. Alegre-se em Deus. Deixe para trás o seu pecado e se lance para Deus, se entregue a alegria de servir Aquele que morreu por você.

Transcrição: Willieny Isaias


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo