Anunciai a Boa Nova

Jesus Cristo é o rosto misericordioso de Deus. Foi a maneira que o Pai encontrou para gritar para cada um de nós o quanto somos importante para Ele.

A necessidade de se evangelizar, para que o mundo possa conhecer Jesus Cristo, me inquieta. A ordem de Jesus dada em sua despedida aos apóstolos, antes de voltar ao Pai, foi bem objetiva. Era preciso que Ele fosse para que o Espírito fosse derramado, pois sem Ele os apóstolos não poderiam entender e nem cumprir a missão. A ordem de Jesus foi clara:

“Por fim apareceu aos Onze, quando estavam sentados à mesa, e censurou-lhes a incredulidade e dureza de coração, por não acreditarem nos que o tinham visto ressuscitado. E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes milagres acompanharão os que crerem: expulsarão os demônios em meu nome, falarão novas línguas, manusearão serpentes e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão as mãos aos enfermos e eles ficarão curados. Depois que o Senhor Jesus lhes falou, foi levado ao céu e está sentado à direita de Deus. Os discípulos partiram e pregaram por toda parte. O Senhor cooperava com eles e confirmava a sua palavra com os milagres que a acompanhavam” Mc 16. 14-20

No anúncio do Anjo, Maria toma consciência de que Deus queria se manifestar em sua vida. Ela gera Jesus em seu ventre. Essas 'consciências' vêm do anúncio do Arcanjo Gabriel, que depois de cumprir a sua missão se afasta. Maria viveu na fé, não teve, mas anjos para lhe direcionar. Mesmo José teve anjos durante a sua vida, mas Maria caminhou na obscuridade da fé.

A Virgem Maria teve a oportunidade de relatar tudo isso aos discípulos no Cenáculo. Ela foi a primeira a escutar o mistério da Trindade Santa, por isso era natural que houvesse questionamentos por parte dos apóstolos. Em Pentecostes o Espírito Santo capacita os discípulos para a missão. A partir daquele momento, eles saem para cumprir a ordem do Senhor.

Hoje nós católicos temos ao nosso dispor, uma série de meios para Evangelizar. Jesus usava os meios que dispunha para levar a Boa Nova a todos. Ele é um exemplo para nós. Os meios de comunicação que temos hoje, não são obras do mau, pois é Deus que capacita o homem para criar. O que acontece é que o ser humano, usa desta capacidade que Deus lhe dá para um mau, mas a capacidade em sua natureza é dom divino.


É verdade que os meios que temos hoje, podem ser usados pelo mau, mas quando usados para o bem glorificam O Criador. Vivemos em um mundo globalizado, onde é necessário que levemos a Palavra de Deus até seu povo. Os meios de comunicação são como uma faca: nos auxilia a cortar os alimentos, mas também pode matar.

Nós católicos nem sempre sabemos usar estes meios de comunicação. Se não usamos para o bem, há aqueles que sabem usá-los para o mau. Achamos que do ambão, estamos pregando para todo o povo, mas quantos que ainda estão fora da Igreja. A comunicação nos permite levar a Palavra de Deus, em lugares onde Ela não entraria. As pessoas se fecham cada vez mais em suas casas, o que nos impossibilita uma ação corporal. Neste momento uma TV faz a diferença, pois pode entrar onde não conseguimos.

Precisamos levar a verdade para o povo. Quantos ainda têm uma visão errada do Papa, da Virgem Maria, dos santos? A luz da verdade precisa chegar a todos, e é nesse momento que meios eficazes de comunicação, podem mudar a mentira em verdade. É nesse momento que muitos “filhos pródigos” retornarão a casa do Pai.

A mensagem da Igreja não interessa a muita gente, pois vai falar de perdão, de paz, do que é errado, etc. Por isso precisamos incentivar as iniciativas que são realizadas para obter o espaço para a mensagem de Deus.

Eu defendo abertamente, nas assembléias dos bispos, iniciativas como a Canção Nova, pois elas dão ao católico uma opção de programação. E como você pode ajudar? Iniciativas como a Canção nova, vivem e se sustentam com a sua doação. Por isso eu posso afirmar que você que mesmo de longe, faz a sua doação é tão beneficiado quanto o pregador que está no palco. É necessário que você faça a sua parte e contribua com a Evangelização.

No momento final Jesus irá nos perguntar: “O que você fez para que a minha Palavra chegasse a todos?” Qual será sua reposta?

É preciso anunciar Jesus Cristo.

Transcrição: Renan Félix
Fotos: Willieny Isaias


Dom Murilo Krieger, SCJ


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo