Basta-te a minha graça

Assis Rocha OBM
Foto: Daniel Mafra/ Fotos: Canção Nova

Hoje, o Senhor nos chama para estarmos aqui e rezarmos juntos o Salmo 62. Falaremos sobre Nossa Senhora nesta pregação e sabemos bem que ela está presente na Sagrada Escritura. Na primeira pregação, feita nesta manhã pelo padre Luiz Fernando, ele falou que durante o anúncio Nossa Senhora foi conhecida como a “cheia de graça”. Maria não é apenas uma simples mulher, mas ela é a “cheia de graça”. No Salmo 62, 4 vemos que o salmista diz: “Porque vossa graça me é mais preciosa do que a vida”, mas o que é a graça?

São Paulo na Cara aos Coríntios diz que “pela graça de Deus eu sou quem sou e a graça de Deus em mim não foi em vão!” Há também tantas e tantas músicas tão bonitas que falam a respeito da graça, mas você sabe o seu significado? A palavra graça tem v´rios significado: uma pessoa engraçada é uma feliz, uma pessoa realizada. Quando o anjo disse isto a ela, quis dizer que ela tinha graça! A graça de deus é a presença de Deus, ou seja, alguém que está protegido por Ele e ela [a graça] não nos pode faltar.

Mas, neste momento de alegria, Nossa Senhora também se sentiu triste, pois não se sentia capaz de ser a Mãe do Criador. No primeiro momento ela ficou muito feliz em receber a notícia, mas depois ela se sentiu incapaz de criar seu filho, isto acontece ainda hoje com nossas mães que se acham capaz de ter seus filhos, pois acham que a qualquer momento elas podem falhar no papel de mãe.

A graça é a presença de Deus em nossas vidas. Em ícones como este da Mãe da Ternura aqui do palco prestemos a atenção nos olhos de Maria. Ela os mantém fixos em Jesus, mas também se estende a nós.

Como está a graça de Deus em sua vida? Você tem permitido que a graça dele lhe sustente? Ter a graça de Deus não quer dizer que nós não sofreremos ou passaremos por tribulações, mas eu lhes digo é melhor passar com a graça de Deus do que passar sem ela.

Às vezes, pedimos as coisas para Deus como se fôssemos crianças e não sabemos como pedir. Talvez você pede uma coisa, mas Ele quer lhe dar muito mais do que aquilo que você pediu. Há coisas que o Senhor não nos atenderá. Não podemos sair da realidade em pensar que o que eu pedir Ele me dará. Nós não mandamos em Deus.

"Permaneça na graça de Deus", disse Assis Rocha
Foto: Daniel Mafra/ Fotos: Canção Nova

Volte para a graça de Deus! Se você está longe, retorne! Quando nós estamos fora da graça de Deus estamos desgraçados. Não é que Deus não nos ama ou não cuide de nós. No entanto, se você anda na graça de Deus as coisas funcionam, mesmo que você tenha que passar pelo sofrimento, Ele te sustentará, pois até mesmo Jesus passou por isso. Você lembra que até Jesus pediu algo a Deus e não foi atendido? “Pai, se for possível, afasta de mim este cálice” Deus amava Jesus, mas porque então permitiu que ele sofresse? Deus não atendeu a oração de Jesus, pois Jesus ainda disse: “Mas, faça-se em mim segundo a Tua vontade”. E foi a vontade de Deus que se cumpriu.

A nossa oração também deve ser assim: “Pai, se for possível afasta de mim este cálice, mas faça-se em mim a tua vontade”. Não permita Senhor, que fiquemos longe da graça. Imagino que em alguns momentos da sua vida, Nossa Senhora também teve medo e quis deixar tudo, mas saiba que foi a graça de Deus que a sustentou.

Nossa Senhora é a mulher das Dores e entenda que ela quer derramar sobre nós a sua graça. Peça ao Senhor que você seja uma pessoa agraciada! Você não será uma pessoa sem problemas, mas será uma pessoa feliz até mesmo diante deles.

É a mão de Deus que nos sustenta! Segure nas mãos de Deus, pois é a graça dele que nos sustenta.

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Assis Rocha


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo