Deixar o Pecado pela Graça de Deus

Prof. Felipe Aquino
Foto: Maria AndreaCancaonova.com

De onde vem o mal? Ninguém sofreu como Jesus, podemos até sofrer constantemente, mais nunca como Ele. Podemos lembrar de Maria a mãe de Jesus: A grande dor de Maria não a fez murmurar contra Deus. Maria aguentou ver seu filho sendo maltratado, ultrajado, humilhado. Quer tribulação maior que essa?

Jesus entregou sua ultima dádiva, ele entregou nossa Senhora para nós, para cuidar de mim e de você. “Maria não tira a nossa cruz ela adocica a cruz” ( São luiz Monfort). Ela vai junto com a gente.

Aqui neste lugar não se faz nada sem rezar. Porque quando rezamos Deus derrama sua graça sobre nós. Nada podemos fazer sem a presença do Senhor.

Existe uma modalidade que a Igreja nos fala que é a graça de estado. Por exemplo quando casamos, recebemos essa graça de estado, assim também os sacerdotes, os solteiros. Ela nos dá a força que precisamos para avançar na caminhada.

O Cristão é privilegiado pois ele sofre na fé. Devemos sofrer na fé, para que assumamos a certeza de que o Senhor nos sustentará em todos os momentos.

“Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação? A angústia? A perseguição? A fome? A nudez? O perigo? A espada?” (Romanos 8, 35)

Quando Deus nos criou ele não olhou para um modelo qualquer, Ele nos fez a sua imagem. Diz o Beato Joao Paulo II em sua carta as famílias.

“Não chame de lixo a obra de Deus que é você. Você é obra prima de Deus.”

Deus não quer perder nenhum de nós , porque somos sua imagem, ele nos ama incondicionalmente. Deus não aceita que ele seja seu segundo amor. Coloque Deus em primeiro lugar na sua vida.

No catecismo da Igreja Católica nos traz assim sobre o Pecado Original:

§389 A doutrina do pecado original é, por assim dizer, "o reverso" da Boa Notícia de que Jesus é o Salvador de todos os homens, de que todos têm necessidade da salvação e de que a salvação é oferecida a todos graças a Cristo. A Igreja, que tem o senso de Cristo, sabe perfeitamente que não se pode atentar contra a revelação do pecado original sem atentar contra o mistério de Cristo. (CIC §389 )

"É o Pecado que nos leva ao sofrimento, pois ele nos separa de Deus."
Foto: Maria AndreaCancaonova.com

É o Pecado que nos leva ao sofrimento, pois ele nos separa de Deus. Jesus veio ao mundo para arrancar de nós o pecado. No domingo da ressurreição, Jesus institui o sacramento da Reconciliação.

“Recebei o Espírito Santo. Àquele a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados, e àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos” (Jo 20,21-23)

Deus quer nos trazer de volta. Ele não quer que permaneçamos no pecado. Temos a tendencia ao mal, a concupiscência da carne. Por isso requer de nós uma vigilância e contarmos com a sua graça.

O que você não consegue por suas forças, Deus te sustentará pela graça de Dele. Pois por nossas próprias forças não temos como vencer nossos pecados. Somente se vivermos pelo Espírito e fizermos morrer as obras da carne que grita em nós. Não dessitamos , lutemos pela Santidade.

Transcrição e Adaptação: Carlos Biajoni (@cncarlos)

:: Veja Trecho desta pregação


Prof. Felipe Aquino


Doutor em engenharia mecânica, pregador e escritor

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo