Descobrir meu lugar na Igreja

Dom Alberto Taveira
Queridos irmãos e irmãs, poderia o barro reclamar com o oleiro? Achar ruim pelas formas com que foi feito aquele jarro bonito ou quem sabe uma vasilha para conservar água fresca? Quem é capaz de moldar objetos de barro, de cerâmica, põe a sua alma na arte que faz, põe tudo que é capaz e expressa uma visão das coisas que tem.

Nós somos obras deste artista que é Deus, e Deus é o melhor artista. E toda a obra que realizou o Senhor nosso Deus é bem feita. Nenhum de nós foi mal feito. Ou como ouvi uma um dia dizendo: “Nenhum foi feito no rascunho”. Deus nos fez como obras primas.

Se você quebra aquele vaso, São Paulo diz que, ainda que seja um vaso de barro, ele carrega um tesouro impressionante. Você já tentou emendar um jarro bonito? O remendo fica muito feio. Por isso que as pessoas se tornam infelizes, porque não descobriram a grande maravilha que está em você buscar a obra do artista que foi o autor da sua vida.

Hoje, o apostolo São Paulo nos recorda: o nosso corpo foi feito para o Senhor, e o Senhor para o corpo. E observa: 'será que vocês não perceberam que vocês são templos onde o Espírito Santo habita? O Espírito Santo de Deus habita em cada um de nós e você será feliz na medida em que percorrer toda a sua existência entendendo a beleza da obra de arte que Deus fez.

Esta obra de arte tem seu nome, tem essa marca, tem a assinatura de Deus feita no seu batismo. Eu via nesses dias um artigo em uma revista sobre obra de arte especialmente em cerâmica de algumas regiões do Brasil, e havia uma observação a respeito de um artista, que dizia que cada uma das obras que realiza é totalmente original. Deus é assim conosco, quando você descobre o plano deste artista, você é feliz.

Em um tempo em que a Palavra de Deus andava rara, não é que Deus não falasse, mas os ouvidos é que estavam sendo fechados. Mas um jovem, Samuel, precisou aprender a discernir: Três vezes escuta um chamado, até que o sacerdote lhe diz: da próxima vez você responderá: “fala Senhor que o teu servo escuta!”. Isso tem o nome de vocação.

Samuel, que depois observa as escrituras, não deixava cair no chão nenhuma das palavras do Senhor. Sua vocação, sua vida começou a ser pautada, não por simplesmente perguntar 'o que eu quero', 'o que eu gosto', mas 'o que o Senhor quer de mim?', 'o que o Senhor pensa para mim?'.

'Existe um chamado de Deus para você'
Já pensaram que revolução se todos nós que estamos aqui, a partir de agora, com a força da palavra que escutamos hoje, estivéssemos dispostos a dizer: 'eu não vou mais usar o meu corpo apenas segundo os meus impulsos, mas vou buscar a palavra do Senhor para que esse corpo que é templo do Espírito Santo seja santo'.

Duas idéias que quero deixar no coração de todos: Nós fomos criados como obra prima de Deus, ninguém é rascunho, ninguém é obra mal feita. Segundo: para eu ser feliz é necessário aprender este discernimento e não deixar cair nenhuma palavra do Senhor, antes, responder a esta palavra, ter a coragem de dizer o  'sim'. Gosto de recordar João Paulo II dizendo: “Não existe cristão sem vocação”. E ele explicava: 'a vocação é um olhar de amor de Deus sobre cada pessoa. '

Eu tenho procurado plantar isso em vários lugares. Em paróquias, nós precisamos não só fazer uma pastoral das vocações para a vida religiosa, sacerdotal ou missionária, mas também uma pastoral vocacional para o matrimonio, até porque hoje, cresce o numero de pessoas que não querem nem se casar, nem ser padre, nem se consagrar de forma nenhuma. Querem apenas desfrutar a própria vida. São homens, e mulheres, jovens e adultos destinados a infelicidade.

Vocação é quando você descobre o 'como' você vai entregar a sua vida. Que bom se você pudesse descobrir que existe um chamado de Deus para você, não só se casar, mas para viver e receber o sacramento do matrimônio.

Qual é o seu lugar na Igreja? Como fazer para descobrir? Dirijo-me especialmente aos adolescentes e jovens: Hoje, dois discípulos de João Batista escutaram João que aponta para Jesus e diz assim: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!” Ali está o Cordeiro de Deus. E eles vão atrás de Jesus. Aqui está o ponto de partida, para você descobrir o seu lugar na Igreja, para você realizar os seus dons.

O primeiro passo para alguém fazer essa experiência de discípulo, é o encontro com Jesus Cristo. 

 
Hoje eu faço um apelo muito especial, a jovens, rapazes e moças, que sentem essa inquietação no seu coração. Ninguém se exclua desta provocação, descubra o seu jeito de responder a nosso Senhor, porque você não pode ficar fora disso. Não mandei você ser batizado.  Por isso, se feito cristão, templo do Espírito Santo, sua vida tem agora esta marca, de responder ao convite d’Ele.

Transcrição e adaptação: Célia Grego


Dom Alberto Taveira Corrêa


Arcebispo de Belém – PA

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo