Deus lhe pergunta: "onde estás?"

Pe. Roger Luis
Foto: Clarissa Oliveira

Deus convoca um acampamento “jovens sarados”, e a primeira leitura nos fala de como a enfermidade, morte, maldade entrou no mundo. A sequência do livro de Gênesis, mostra a queda do homem, a humanidade que desobedece ao Senhor. E a liturgia de hoje complementa aquilo que foi proclamado ontem, Deus que vai a brisa da tarde caminhar com o homem, como Ele fazia todos os dias.

Será que Deus não tinha percebido, será que Ele não havia conhecimento que o homem havia pecado, ou Ele queria explicar a dimensão do pecado para nós? Será que Ele não sabia ou queria dar uma nova chance ao homem? Deus demonstra que Ele que sabia, Ele é onipotente, onisciente, Ele sabe de todas as coisas. Ele sabia que o homem tinha pecado, e mesmo assim não se afastou dele.

Deus está a nossa procura nesta tarde. É essa a certeza que o Senhor quer nos dá, a certeza de que Ele nos ama. Ele não se afastou de Adão e Eva. Ele cumpriu o rito de ir todos os dias passear com eles no jardim para mostrar a intimidade que eles tinham e também para mostrar o desejo que o Senhor tem de caminhar conosco todos os dias.

Todas as vezes que buscamos na oração, na eucaristia a intimidade que Deus tinha com Adão, Ele passeia conosco. O pecado foi a causa da quebra dessa intimidade. E Deus pergunta a Adão: “Você me desobedeceu?”, e Adão disse que foi a mulher. Deus foi até a mulher e perguntou: “você comeu o fruto que eu disse para não comer”, e ela disse: “foi a serpente”.

A reconciliação com Deus, deve começar a partir do reconhecimento de nossos erros com o Senhor. Qual é a atitude que devemos ter quando pecamos? Não devemos contar história, ou culpar os outros, mas sim reconhecermos que fomos fracos e caímos. Deus esperava isso de Adão e Eva, mas eles não assumiram a culpa, “foi a mulher”, “foi a serpente”.

Nós precisamos reconhecer, e quando reconhecermos nossa fraqueza, fica mais fácil, não cairmos nela. Quando confessamos, assumimos a libertação que Jesus já nos deu.

Deus tem passado em muitos lugares e perguntando: “onde estás?”. Deus tem saudade de nós, ele quer passear conosco no jardim. E qual é a nossa resposta, vamos continuar nos escondendo, ou vamos dizer: “estamos aqui, Senhor”?

Não tenha medo de reconhecer seu pecado, de deixar a vida velha. Nós precisamos assumir a bondade de Deus, a sua misericórdia para tomarmos um decisão definitiva, algo que não é fogo de palha. O projeto de Deus, é um projeto de eternidade, não é só por um tempo.

Não importa se você estava numa vida de mentiras, de prostituição, depressiva, Ele te pergunta: “onde estás?”. Não importa quantos anos você tem, você é um jovem sarado, a única coisa que nos envelhece é o pecado, mas quando caminhamos com Deus no jardim e aceitamos o seu chamado, somos felizes.

"Deus está a nossa procura nesta tarde." Pe. Roger Luis
Foto: Clarissa Oliveira

Deus tem planos de eternidade para nós, você é eterno. Nós temos que segurar nas mãos de Deus e deixar ele nos conduzir. Essa vida é passageira, o tempo que temos aqui é muito rápido. Nós seremos sarados no céu. Seremos eternamente sarados no céu.

Deus quer caminhar com você, Ele quer que você faça experiência de eternidade, que você entenda que tudo isto aqui é passageiro. É um subida, por isso não podemos carregar pesos, não podemos levar pecados.

O evangelho nos fala que Jesus faz milagres no meio dos pagãos. Deus se preocupa com cada detalhes de nossa vida. Deus cuida de você, Ele não está alheio as suas dores, as suas lutas. O Senhor estava atento aquele povo que estava com fome. Temos que ajudar esses que sentem fome de comida, mas também tem muitos jovens que tem fome de Deus, mas ainda não descobriu, por isso eles tem se alimentado de tanta porcaria.

E eu te pergunto, quando ele [jovem] entra no seu grupo de oração, eles estão saindo saciados? Temos tido essa preocupação de nos dar como alimento? Você que está na acolhida, você tem transmitido Deus com seu sorriso, com seu abraço? Você tem estado atento se é a primeira vez que aquele jovem tem ido lá e pegado o contato dele, para caso ele se afastar ir atrás dele?

Existe poder de Deus dentro do seu grupo de oração? Se não tiver, feche as portas e vai fazer uma vigília com o grupo de servos. O grupo de oração precisa transmitir o Deus vivo que você experimentou. Nós da Canção Nova, aprendemos com monsenhor Jonas a sermos carismáticos.

Nosso grupo precisa estar cheio porque tem poder de Deus, tem pessoas dispostas a viver santidade. Nossos grupos não podem existir 'panelinhas', precisa existir unidade. Não podemos excluir ninguém. Deus não vive dentro de 'panelinhas'.

Jesus se compadeceu porque eles tinha m fome e multiplicou os pães, talvez a pessoa do seu lado, não tem muita coisa para oferecer ao Senhor, mas se acreditarmos, Deus multiplica e faz muito. Tem lugar para você jovem, arruma cadeira, limpe o chão, dê aquilo que você puder, pois Deus multiplicará o que você tem.

Não tenha medo de orar pelos jovens que vão ao seu grupo de oração. Deus é capaz de se utilizar da sua oração e fazer verdadeiras libertações. Você já foi atrás dos que estão distantes? Que precisa dizer para eles como Deus: “Onde estás?”.

Deus conta com você hoje, não perca tempo. Pois você receberá a coroa da glória, o prêmio da eternidade. Deus conta com você para saciar os famintos que não conhece a Deus como você está conhecendo.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto

Acompanhe as pregações pelo twitter @cancaonova e retuite a mensagem que mais falar ao seu coração e utilize a tag #JovensSarados

 


Adquira essa pregação pelo telefone
(12) 3186-2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo