É preciso parar e deixar Deus agir em nossas vidas

Prof. Felipe Aquino
Foto: Maria Andreia/Cancaonova.com

Se não paramos para refletir, não conseguiremos escutar a voz de Deus. É isso que quero meditar com vocês, afim de que tudo seja feito segundo o desejo e a vontade do Pai.

Estamos vivendo em um mundo muito barulhento, com muitas coisas ao nosso redor. É preciso ter uma disciplina na nossa vida espiritual, por isso temos de marcar um horário na nossa agenda para conversar com Deus, pois se não mantemos a nossa amizade com Ele, pelo menos uma hora por dia, isso vai acabando e vivemos nosso dia a dia como se Ele não existisse.

Deus está sempre em nossa vida, porém temos de nos sintonizar com Ele. E para que possamos escutá-Lo é necessário silenciar, ir à Missa, ler a Bíblia e meditar sobre o que Deus quer nos falar por meio da Palavra.

Nosso Pai quer que sejamos semelhança e imagem de Jesus!

Não era para haver tanto pecado nesta vida, pois o salário do pecado é a morte, por isso Jesus veio ao mundo, para tirar o pecado e entregar para a Igreja o perdão.

É necessário buscar o Senhor para que ele possa trabalhar em nós, perseverar como os santos, os quais rezaram muito, gastaram muito tempo diante de Jesus.

Muitas vezes, não estamos em Deus, mas em nossos valores e pensamentos, quer dizer, em nosso egoísmo. Para que o Pai possa quebrar as nossas resistências é preciso estar na presença d'Ele.

Para que o Senhor possa agir é preciso compreender as vontades d'Ele para nós e deixá-Lo nos guiar.

Quando estamos em comunhão com Deus e entregamos nossa vida a Ele, mesmo sem perceber, nos conduz. Ao olhar para a caminhada que já fizemos, vemos que, em tudo, temos a presença do Senhor, pois tudo na nossa vida é graça.

Devemos fazer nossa parte para que a graça que vem de Deus floresça!

O pecado entrou no mundo por meio de Adão e Eva, por isso Jesus veio para falar 'sim'. "Foi obediente até a morte", disse São Paulo.

"Devemos fazer nossa parte para que a graça que vem de Deus floresça!"
Foto: Maria Andreia/Cancaonova.com

Felizes são aqueles que fazem a vontade do Pai! Quando nós o obedecemos, somos aplaudidos ou vaiados, mas, de qualquer forma, ficamos em paz, porque não procuramos a gloria, mas a vontade do Nosso Pai.

São Francisco de Sales disse: “Tem muita gente que dá esmola, mas quando acontece alguma tribulação se revolta com Deus”. O mal está no mundo, e o Senhor não quer e não tem poder de nos dar este mal. O Pai amado não ama a maldade, porém nos respeita e permite que de todo mal possamos tira um bem.

Contudo, ainda que não entendamos a maldade que está na nossa vida, diante da dor e do sofrimento, devemos aceitar tudo o que acontecer, mesmo com a agústia, e sempre louvar o Senhor, pois vale mais dar graças a Deus em meio o sofrimento que na alegria.

Nossa fé é provada, pois Jesus Cristo que saber o nível da nossa fidelidade com Ele. No momento do sofrimento, devemos e podemos, sim, chorar sempre louvando ao Senhor, afinal Deus sabe o que faz mesmo que não O entendamos.

Quando aceitamos a vontade do Senhor, Ele nós dá sua paz.

Transcrição e Adaptação: Thaís Rufino de Azevedo


Prof. Felipe Aquino


Doutor em engenharia mecânica, pregador e escritor

Facebook
Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo