Escolha a bênção

Foto: Wesley Almeida / Foto CN

O que é a maldição? É o ato ou efeito de amaldiçoar alguém ou de maldizer. Somos amaldiçoados quando abandonamos a bênção de Deus. São Tiago nos ensina que da nossa boca não deve sair a maldição. Um cristão não deve amaldiçoar ninguém. A maneira de derrubar a maldição é tocar na bênção que vem de Deus. Infelizmente, muitas vezes, proferimos maldições uns contra os outros. Acabamos sendo especialistas em maldizer as pessoas.

Ao contrário, bênção é ação de benzer, proferir boas palavras, falar bem, bendizer. Somos chamados a ser bênção de Deus para os outros. “É do fruto de sua boca que um homem se nutre; com o produto de seus lábios ele se farta” (Proverbios 18, 20). As palavras que proferimos são como sementes que, quando encontram solo propício, produzem seus frutos, frutos de bênção ou maldiçao. Deus não quer a maldição para ninguém e a ninguém amaldiçoa. De Deus só nos vem bênção, por isso não podemos dar margem à maldição. Não podemos desejar o mal uns para os outros.

Muitas vezes, proferimos palavras más contra nós mesmos, como: “Eu não dou certo”, “Eu nunca vou vencer na vida”, “Na minha vida nada dá certo!”. Sem saber o mal que nos fazemos a nós mesmos ao proferirmos essas palavras, por isso vivemos, muitas vezes, presos a essas declarações e não conseguimos nos desvenciliar delas. Reconcilie-se consigo mesmo, com sua história. Abençoe a vida que Deus lhe deu!

Quando proferimos palavras de calúnia, de mentiras, isso atrai a maldição. Muitas vezes, damos margem para que o demônio entre em nossa vida e na vida das pessoas sobre as quais proferimos a maldição. A opressão maligna só entra na vida de uma pessoa se encontra espaço para agir. Por muitas vezes, de maneira inconsciente, abrimos espaços para que o mal entre. As palavras negativas, murmurações e fofocas são brechas que oferecemos para a ação do demônio agir em nossa vida.

Ao passo que, quando desejamos o bem, elogiamos sinceramente alguém e proferimos a bênção na vida das pessoas, atraímos a graça de Deus. A Palavra de Deus também nos diz, em Romanos 12, 14, que devemos: “Abençoai os que vos perseguem; abençoai-os, e não os praguejeis”. Precisamos rezar por nossa árvore genealógica pedindo a Deus que derrame Sua bênção sobre ela e retire toda maldição dela. Precisamos rezar pedindo que o Senhor alcance a todos. Muitas pessoas em nossas casas estão morrendo por falta de amor.

Jesus nos ensinou que é o que sai da boca que contamina o homem. Não amaldiçoemos, mas sim abençoemos e peçamos sempre que o Senhor derrame Sua bênção sobre nós.

Transcrição e adaptação: Fabrício Neto


Irmã Maria Eunice


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo