Esforço pela perfeição

Uma história grega diz que um jovem ao querer enganar um sábio, chegou com as mãos cruzadas para trás e lhe disse: \”O que tenho nas minhas mãos?\”. E o sábio respondeu: \”Um pássaro\”. E o jovem continuou perguntando: \”Ele está morto ou vivo?\” E o sábio lhe disse: \”A decisão é sua!\”.

Ouça: \”A conversão é totalmente gratuita…\”

Temos em nossas mãos o poder de decidir, pois quem faz com que a graça de Deus aconteça em nossas vidas somos nós mesmos.

Eu fico impressionado em ver no Evangelho a experiência tão particular que cada apóstolo teve com Jesus. Todos eles escutaram as pregações do Mestre, porém cada um teve uma atitude diferente quando Ele foi entregue aos soldados. Judas teve o mesmo ensinamento que Pedro, então, por que não se converteu? Porque tinha o coração fechado.

Vemos na Parábola do Filho Pródigo, que cada filho tinha uma maneira de se relacionar com o pai. O mais novo tinha liberdade com ele, por isso teve a coragem de pedir-lhe sua parte na herança. Em nossa caminhada, muitas vezes, não temos problemas com Deus, mas com nós mesmos.

Gente, nossa vida espiritual precisa passar por um processo de cura interior. E para que aconteça a cura interior, que não acontece num passe de mágica, precisamos exigir de nós mesmos, entrando corajosamente em nosso interior e reconhecendo a nossa verdade.

O filho pródigo tinha uma coisa boa, ele conhecia o coração do pai, tinha consciência de sua misericórdia. Seu relacionamento com ele era de um filho que não temia se aproximar.

Quando ele voltou para casa, seu pai lhe deu um abraço, e neste abraço, ele encontra a paz e a libertação de que necessitava para o seu coração. Temos de ter esta mesma coragem, esta mesma ousadia em buscar o perdão e encontrar caminhos que nos levem a ser os primeiros a dar o passo para perdoar a quem quer que seja.

Acho muito bonito quando lemos em Atos dos Apóstolos que um dos homens a apedrejar Estêvão era Paulo, que foi perdoado pelo mártir quando este disse: \”Senhor não lhes leve em conta este pecado…\” (At. 8, 60).

O nosso relacionamento com Deus não pode ser apenas de serviço, pois antes somos filhos. Quem tem um relacionamento de serviço com o Senhor é tão orgulhoso quanto o filho mais velho da Parábola do Filho Pródigo, de nos fala o Evangelho.

Acho que quando aquele jovem ouviu seu pai dizer: \”Filho, tu está sempre comigo, e tudo que é meu é teu\”, o seu coração também foi tocado e se alegrou pois também era amado pelo pai.

Ouça: Edson ministra oração de renúncia com os fiéis

Quantas vezes, julgamos aqueles que estão voltando para Deus, quando na realidade, nós é que precisamos converter os nossos corações. Você precisa se manter firme como profeta, neste tempo tão difícil que estamos vivendo. Você tem visto como a Canção Nova tem lutado, nesses meses, para continuar evangelizando. Não deixe de nos ajudar com sua contribuição, precisamos continuar evangelizando!

Transcrição e áudio: Claudenilson José
Fotos: Paulo Sérgio


Ajude-nos a continuar evangelizando
sendo um sócio fiel a esta obra!


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo