Espera no Senhor!

Às vezes, esperamos muito nas pessoas, mas aqueles que esperam nelas se decepcionam. Há um sentido muito lindo esperar no Senhor, é o sentido da providência. Em Deus, nós encontramos a verdadeira felicidade, mas para isso é preciso saber esperar.

Se eu sei esperar no Senhor, realizo-me como pessoa, como filho de Deus e, assim, vou contagiando aqueles que estão à minha volta. O chamado de Deus é este: esperar n’Ele. Um grande exemplo de alguém que espera no Senhor é o nosso querido padre Jonas Abib. O padre é testemunha clara de que quanto mais esperamos no Senhor, tanto mais nos tornamos felizes.


Não nos esqueçamos de que as tempestades sempre passam e que depois dos piores temporais vem o sol mais brilhante. Espere no Senhor, pois Ele sempre virá em seu socorro!

A Palavra de Deus vai nos dizer na liturgia de hoje: \”Levanta-te e vai à casa do oleiro, e ali te farei ouvir palavras\” (Jr. 18, 2). Você sabe o que faz um oleiro? Quando ele está moldando um vaso, ele roda um circo com um pouco de barro, o qual vai sendo moldado, pouco a pouco, com os dedos dele. Se no meio do processo, o barro cai, ele inicia tudo de novo, para que seu trabalho fique bonito. Isso nos ensina que sempre vamos errar e mais: que sempre precisamos recomeçar.

Temos a mania de, nos tempos de dificuldades, pôr a culpa em Deus. Não é Deus que joga pragas em nossas vidas, que nos amaldiçoa, pois Ele é amor, é misericórdia.

O Senhor ama a cada um de seus filhos e não faz distinção entre eles. Ele é este que abraça a todos e que fica à espera que seus filhos O busquem. Este convide de esperar no Senhor é para cada um de nós, não podemos esperar nas satisfações, nos prazeres passageiros do mundo e nas pessoas, pois isso vai nos tornando pessoas frustradas, amargas.

Quanto mais uma pessoa é rígida, amargurada, tanto mais as pessoas vão se afastando dela; mas, ao contrário, quando mais se deixar moldar por Deus, tanto mais vai transformando tudo ao seu redor.

Se você estiver se enchendo de máscaras e se escondendo do mundo, vai se tornar uma pessoa cada vez mais infeliz. É preciso levantar, sair do ponto em que estamos parados e reconhecer que precisamos de Deus, da mesma maneira que precisamos do convívio com outras pessoas.

Isso tudo nada mais é que fruto do Espírito Santo de Deus em nossas vidas. Se quisermos ter uma vida nova é preciso termos a atitude que o Senhor nos ensina na primeira leitura, atitudes de quem espera no Senhor.

É o Espírito Santo que vai agindo em nós, quanto mais esperamos n’Ele, tanto mais nos tornaremos felizes. Quando uma criança ganha um presente, imediatamente, ela quer mostrar aos outros. Também precisamos querer mostrar às pessoas que é bom ser de Deus, levá-las a ter essa mesma experiência que tivemos.

Transcrição e áudios: Claudenilson José
Fotos: Paulo Sérgio


Padre Cleidimar Moreira


Sacerdote da Diocese de Goiânia

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo