Família Cristocêntrica

Padre Fabrício
Foto: Nara Bessa

A ação é própria do Espírito, que é perito em reviver, que faz novas todas as coisas, que tem poder de fazer a minha e a sua família reviver. Ação do Espírito só não acontece se o coração estiver fechado. A liturgia da Palavra promove essa renovação e a promessa desse encontro é fazer nova todas as famílias, valorizar aquele que uniu você e sua esposa, você e seus filhos e nos dá a noção da beleza que temos em casa. Precisamos ter a certeza da beleza de se ter uma família; a beleza da aliança, não somente a de ouro, mas beleza que Deus fez conosco. A aliança de um Deus que a todo tempo se esforça para se aproximar de nós, que toma a iniciativa de estar próximo de mim e de você.

A beleza se ter uma família, de ser casado, de se ter um sacramento só pode ser entendido a luz da beleza que Deus fez com a humanidade, que Cristo fez com a Igreja.

O que impede de enxergamos essa beleza do matrimônio, é ter os olhos ofuscados por outras realidades e não pela luz, pela beleza desse sacramento. A indissolubilidade, a fidelidade e a fecundidade que são características do sacramento do matrimônio, não foi criação de quem queria criar regras e característica, é espelho do relacionamento de Cristo com sua Igreja, que tem uma Aliança indissolúvel, que venha o que vier, Cristo permanece uma aliança fecunda.

Deus é perito em estabelecer aliança, e hoje quer restabelecer sua aliança matrimonial. O homem, a mulher, e Deus no meio, o sacramento do matrimônio faz isso, une o homem e a mulher em Deus. Isto é um sacramento que acontece no momento que recebo a benção, e não só na hora da benção, depois para onde eles forem, Deus vai junto.

É muito fácil unir um homem e uma mulher, isso não é sacramento, sacramento é quando o homem e a mulher são unidos na pessoa de Cristo. O amor que você tem pelo seu esposo é o mesmo amor que Cristo tem pela sua esposa.

Aliança firmada de um Deus que não escapole no momento de dificuldade. E a liturgia vai nos provocando a entender que muitas famílias estão perdidas, está se desmanchando porque resolveu largar o braço de Jesus e resolveu andar sozinho, mas Deus é capaz de restabelecer o sacramento. Um matrimônio que tenha Cristo no centro gera uma família cristocêntrica. Mas há muitas famílias lunáticas, porque não tem o Cristo no centro, que vivem no mundo da lua.

"Famílias serão reavivada pela coragem de proclamar o nome de Jesus"
Foto: Nara Bessa

Se Cristo está no meio, tudo o que passa na cabeça de um para chegar no outro passa primeiramente por Cristo e é santificado. Numa família lunática, cada um fica para um lado, cada um tem seu quarto, e como estão distantes não conseguem se ver, se reconhecer. Anda espalhada por ai, cada um no seu universo. Se fosse uma família cristocêntrica, Ele atrairia os para si, pois existe aliança. Mas também família lunática vai dando um jeitinho nas coisas, vai colocando pesos, pois não tem a atração de Cristo, o que faz uma pessoa andar na luar é o peso que eles tem na roupa.

Pode ser que na família lunática, o que está prendendo, que não faz largar é o dinheiro. Existe outro peso, o sexo, e quem disse que o casamento foi feito para sexo? É o sexo que foi feito para casamento, e você lunático, muitas vezes usa do sexo para prenderem seu esposo e esposa. Outro peso é o tempo, está cansado.

Teste para sua família, chegou o tempo das férias, para onde vocês vão? O marido vai para praia, a esposa para casa de campo, os filhos para colônia de férias. Nas férias tiram férias da família, família lunática. É coisa de família lunática que cada um queira viver suas férias do seu jeito, em cada lugar. Que diversão é essa que você vive longe da sua família. Se você está dizendo que não é você que deveria estar ouvindo isso, era seu vizinho, é assim que começa a ficar lunático, para de olhar para dentro de casa e fica olhando para fora. Se você não reconhece seu filho, é porque você foi se divertir fora e não viu seu filho crescer.

Se a família não é lunática, então é cristocêntrica. Quem é que está no lugar mais alto da sua casa? A família deixa de ser lunática, quando tem um centro de atração. E não adianta falar que tem uma cruz e uma imagem, eu estou falando de famílias consagradas, porque imagem no centro de macumba também tem e o senhor lá é outro.

A família cristocêntrica é do jeito da família de Nazaré, e o evangelho nos dá a receita certa, “não quero o sacrifício eu quero a misericórdia”. Você sai de casa, vai para o bar e depois fala que voltou para o inferno, para o sacrifício. A mulher, fica linda e bela no trabalho, e depois em casa é um sacrifício. Deus não quer que sua casa seja uma casa de sacrifício, Ele quer uma casa de misericórdia.

Se na sua casa tem limitação, isto significa que lá tem gente, não tem ET, gente que tem defeito, mas também significa que teremos que reviver a nossa família, proclamar o Senhor na nossa casa, temos que tomar o cuidado, de quem está sendo o Senhor da nossa família.

"O sacramento do matrimônio une o homem e a mulher em Deus"
Foto: Nara Bessa

Nós precisamos aprender a proclamar a benção dentro de nossas casas, a família lunática, cada um proclama um senhor nas páginas de internet no seu quarto, se a sua família não invocar Jesus como senhor, outros falsos senhores serão invocados.

O pai e a mãe tem força de abençoar, mas muito pai e muita mãe amaldiçoam a casa pela coisas que levam para dentro, pelos palavrões, pelos gritos. Quando você fala palavrão, você deixa de consagrar a sua casa a Deus e consagra aquela porcaria que você fala.

Famílias serão reavivadas pela coragem de proclamar o nome de Jesus, se entre um homem e uma mulher é proclamado o nome do Senhor, a aliança acontece, é sacramento.

Mas se na sua casa você proclama o nome do demônio, na hora de reclamar, você mancha o sacramento, fere o centro de gravidade da sua casa. Família refeita, é família que tem coragem de colocar Cristo no centro. Já ouviram falar de perdão, reconciliação? Família cristocêntrica sabe pedir perdão, sabe se reconciliar, permanecer junto, levantar os braços e invocar o nome de Jesus.

Transcrição e adaptação: Regiane Calixto


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo