Família: um dom sagrado de Deus

Profº. Felipe Aquino
Foto: Robson Siqueira/CN

“Sujeitai-vos uns aos outros no temor de Cristo. As mulheres sejam submissas a seus maridos, como ao Senhor, pois o marido é o chefe da mulher, como Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo, da qual ele é o Salvador. Ora, assim como a Igreja é submissa a Cristo, assim também o sejam em tudo as mulheres a seus maridos. Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela…” (Efésios 5, 21 a 25)

A família têm duas dimensões, a primeira dimensão é o “casal” e a segunda são os “filhos”. São Paulo compara o casal, marido e mulher, a Cristo e a Igreja. Na antiga aliança tínhamos o casamento entre Javé e Israel e quando alguém se casava era de costume comemorar durante sete dias aquele casamento. Deus ficava irado quando o seu povo, o povo de Israel adorava outros deuses, o Senhor se sentia como um marido traído. Na nova aliança o casamento é entre Cristo e a Igreja.

Deus quis que na raiz da família, houvesse uma aliança e por isso os casais hoje trazem uma aliança em suas mãos. O Papa João Paulo II pedia, “casais cristãos sejam para o mundo um sinal do amor de Deus”, de forma que quando verem um casal superando os problemas que existem no mundo, possam ver o amor de Deus.

É dogma de fé que a Igreja é santa, nunca podemos dizer que a Igreja tem pecado, pois os pecados são dos filhos da Igreja, os pecados são nossos. E porque a Igreja é santa? Porque Cristo entregou-se por ela na cruz, para que ela fosse sem mácula. Desta forma São Paulo diz que os maridos devem amar as suas esposas, você está disposto a amar a sua esposa ao ponto de se entregar por ela?

A família é sagrada, ela não foi instituída por homem, por um papa, mas por Deus. Deus quis dar uma ajuda adequada ao homem e por isso deu-lhe a mulher como vemos no livro do Gênesis. A mulher foi a última criação de Deus, foi o ápice da criação. Adão ficou feliz por receber a mulher e Deus olhou para os dois e disse aquilo que é a essência do casamento, “por isso o homem deixa seu pai, deixa sua mãe, une-se a sua mulher e sereis uma só carne”.

O que Deus quer? Deus quer que com o casamento, homem e mulher, sejam uma só carne, que sejam um só coração, uma só alma, um só espirito, pois tem gente que está casado a anos, porém ainda não parecem estar casados. Deus fez o homem para casar-se com uma mulher e não com um outro homem, quem vive isso ou aprova está pecando gravemente contra Deus. O mundo pode até aprovar esta lei, pois o mundo insiste em aprovar leis contra as leis de Deus, mas nós cristãos não podemos aprovar isso.

Pela mentira o demônio quer destruir os casamentos, quando se mente para o marido ou para a esposa, você está dando ocasião para o demônio. A porta por onde o demônio entra tem nome, se chama pecado, por isso o casal não pode pecar. Quando o casal está unido no amor de Deus, ninguém separa. O amor é que une o casal, São Paulo diz que o amor é paciente, o amor é bondoso, não busca os próprios interesses, o amor não acaba nunca, só o amor faz com que perdoemos uns aos outros até mesmo quando um errou com o outro. É preciso que nos alimentemos do amor de Deus. E isto vai acontecer aonde? Na Igreja, na Eucaristia, na oração, pois o casal que reza junto não se separa diante das dificuldades, pois tem forças para superar todos os problemas.

Falo também aos jovens, se você brincar com seu namoro, você já está destruindo seu casamento, pois o namoro é o alicerce para um casamento, é a preparação, a parte mais demorada, mais difícil. O Papa lá em Sidney na Austrália pede ao jovens que aceitem o desafio de viver na castidade, pois um casal só pode se unir e ter uma relação sexual após o casamento, que é o tempo propício para isso. Hoje estão colocando máquinas de camisinha nas escolas para que os jovens usem e eu digo, ensine teu filho a não fazer isso, pois eles devem aprender que seus corpos são um templo santo e não podem viver como o mundo ensina.

'Quando o casal está unido no amor de Deus, ninguém separa', diz Profº Felipe
Foto: Robson Siqueira/CN

Jovens cristãos está na hora de dar uma lição ao mundo, na África onde a AIDS mais acontece, em Uganda eles conseguiram baixar a AIDS de 26% para 5% a contaminação da população do país, pois o presidente católico fez uma campanha para que vivessem o sexo somente no casamento, tantos jovens como os casais já casados. A Igreja tem razão, Cristo tem razão, o remédio não é empurrar os jovens para o sexo fácil, mas o remédio é viver a castidade, nós pais devemos ensinar isso aos nossos filhos.

Pai e mãe vocês devem conquistar os seus filhos. Um dia vi uma frase em um carro que dizia: “Conquiste o seu filho, antes que o traficante o faça”, e pensei tenho cinco filhos e tenho que conquistá-los. Você não conquista o seu filho pelo que você dá a ele, mas pelo que você é para ele, se você é um pai honrado, uma mãe honrada, você conquistará seu filho.

Precisamos conquistar nossos filhos e não humilhá-los diante dos outros, e se você fez isso peça perdão, pois assim também conquistamos nossos filhos. Muitas vezes tratamos muito mal nossos filhos e depois queremos que eles nos obedeçam, que nos acompanhem indo para a Igreja, como eles nos obedecerão e nos acompanharão se eles têm raiva de nós. Se é preciso castigar, castigue! Mas de forma que não humilhe, não os machuque, pois se não for assim nunca os traremos eles para nós.

Se você quer ser amigo do seu filho, seja amigo do amigo do seu filho, seja amiga da amiga de sua filha. Seja amigo deles, mesmo que você acha que a pessoa não preste, pois seu filho ainda não acha isso da pessoa e quando você realmente comprovar o que acha, poderá dizer: “Tá vendo meu filho(a) como esta pessoa age? Não é companhia para você.” Educar os filhos é uma arte.

Muitas vezes um rapaz ou uma moça se torna homossexual por conta de traumas que tiveram com um pai ou uma mãe e rejeitam em si o seu sexo e passam a agir como homossexuais. Nós não podemos perder nossos filhos, para as drogas, para os traficante,s para as coisas erradas do mundo!

Que Nossa Senhora guarde nossas famílias, nossos filhos para que possamos conduzi-los a Deus.

Transcrição: Flávio Pinheiro


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO SHOPPING CN OU PELO TELEFONE: (12) 3186-2600


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo