Guardar minha aliança

.: Ouça esta homilia na íntegra

Que beleza a liturgia deste tempo. Como não agradecer ao Senhor? Como não celebrar? Não existe salvação fora de Jesus. Ele é o único Salvador do gênero humano. A doutrina da Igreja nos ensina que na cruz –quando Jesus morreu– Ele salvou a humanidade inteira, até mesmo aqueles que estão longe de Deus.

Eu me lembro com muita alegria de nosso professor Felipe Aquino, que me disse um dia: \”Padre Hamilton, todas as vezes que encontro na catedral de Lorena, eu beijo aquela pia batismal e agradeço a Deus por ser católico\”.

Uma verdadeira alegria deve encher nosso coração por sermos herdeiros da aliança! A Palavra de Deus tem a força para nos levantar, para nos arrancar da morte e nos colocar no caminho da vida.

\”Abrão prostrou-se com o rosto por terra. E Deus lhe disse: ‘Eis a minha aliança contigo: tu serás pai de uma multidão de nações. Já não te chamarás Abrão, mas o teu nome será Abraão, porque farei de ti o pai de uma multidão de nações’…\”Gn 17, 3-5

Jesus vem, no evangelho, confirmar o que Deus Pai dizia a Abraão na primeira leitura: \”Guarda a minha aliança\”. Jesus diz três vezes: \”Se guardardes as minhas palavras não conhecereis a morte\”.

A rejeição provoca revolta. Há pessoas muito revoltadas hoje em dia, pessoas que não querem saber de Deus de maneira alguma. Diante do Evangelho de hoje podemos nos perguntar: \”Por que Jesus se escondeu?\” E eu respondo: Para nos mostrar que a glória de Deus saiu do templo daqueles homens e que também nós corremos o risco de ficar sem a glória de Deus.

A resposta sempre é o amor e a oração. Diante das dificuldades, permaneça firme agindo com misericórdia. Jesus disse para Pedro que era preciso perdoar 70×7. Não desista de seu marido e de seus filhos.

Viva cada dia na esperança de que as coisas podem mudar, pois foi assim que o Senhor nos ensinou.

Quantos de nós, feridos pelos pecados, não aceitamos o Senhor e o socorro que Ele quer dar? Foi exatamente isso que aconteceu no evangelho. Estavam machucados, mas não reconheceram o Senhor.

Quando não confiamos, o Senhor não pode fazer nada por nós, pois o maior dom que Deus nos deu, depois da vida, foi o da liberdade. Mas se, ao contrário, dissermos que acreditamos no Senhor e que O queremos perto de nós, Ele faz uma aliança conosco assim como fez com Abraão.

Nenhum de nós foi chamado para morrer, mas para a vida eterna. Esta vida eterna começa aqui e agora, agüenta firme! Precisamos dar crédito às palavras de Jesus e criar um céu aqui e agora, nas realidades em que vivemos.

Quem aceita Jesus no seu coração, cria um verdadeiro céu aqui na terra. Nada como um dia após o outro, mas, claro, vivido na presença do Senhor.

Transcrição e áudio: Claudenilson José
Fotos: Anderson Nunes


Padre Hamilton Nascimento


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo