Homilia "Fé e Milagres"

Padre Marlon
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

O Senhor fez poucos milagres ali em sua terra. Que acampamento é esse? “Fé e Milagres!” O Senhor sabia que no dia de hoje, a esta hora estaríamos reunidos neste lugar no acampamento Fé e Milagres. Amados irmãos vou contar alguns testemunhos nesta pregação pra que você entenda de que maneira, Deus quer realizar seus milagres.

Segundo algumas teorias da evolução, fomos originados dos macacos. Esta é a teoria mais aceita pela ciência, e ela não entra em choque com os ensinamentos da Igreja. Dizem os cientistas, que o homem era encurvado e foi-se erguendo, e esse movimento chama-se evolução. Que esse é o movimento segundo a ciência.

Agora quero trazer para você, a verdadeira evolução diante de Deus. Começamos altivos. Estamos no controle e o Senhor vai nos dobrando, amaciando nosso coração, nos destituindo de nós mesmos. Nós fazemos uma oração poderosa, de renúncia a satanás. E ela precisa ser feita sim. Mas existe uma outra oração de renúncia, urgentíssima que temos que fazer: renunciar a nós mesmos. Enquanto estivermos no controle de tudo, Deus não tem espaço para agir.

Quando você chegar na posição de prostração, não porque está mal, mas porque você se dobrou diante de Deus, aí sim, se poderá dizer esse homem ou essa mulher evoluiu verdadeiramente. Agora você está entendendo, que o Senhor quer que você ande de joelhos dobrados. Mesmo quando meu corpo ereto está, minha alma está dobrada. Meu coração genuflexo está diante de Jesus. A RCC em alguns anos trás nos deu um rema: “Levanta-te de joelhos”. A evolução acontece da posição ereta, para os joelhos dobrados.

Amados irmãos se queremos nos levantar e andar, é preciso que primeiramente nos dobremos diante de Deus, porque é quando estamos dobrados, é que ficamos de pé. Quando a mãe fica de joelhos, os seus filhos ficam de pé. Quando a esposa fica de joelhos o esposo fica de pé.

Amanhã vamos celebrar o dia do padre e o patrono dos padres é São João Maria Vianney, que foi padre numa vila com 300 pessoas. Quando aquele padre viu aquela cidade, mergulhada impiedade, na depravação ele disse: O único jeito é por os meus joelhos no chão da Igreja, para salvação deste povo. Nos últimos anos de vida não só a França, mas toda a europa vinha se confessar com aquele Santo, que tinha seus joelhos dobrados diante de Deus.O Senhor está lhes dizendo é aqui nesta mesa, na mesa da Eucaristia que eu levanto os meus. Se na mesa da eucaristia, você não encontrar o milagre, você não encontrará em outra mesa. Seu milagre haverá de acontecer, na mesa da Eucaristia: Glória a Deus. Se nós não crermos em milagres, não podemos ser católicos. O católico é o homem do milagre. Com todo respeito aos meus irmãos de outra denominações. A minha Igreja é a única Igreja cujo fundador morreu, e ao terceiro dia ressuscitou. Não conheço Igreja que o fundador tenha morrido e ressuscitado, e nunca mais morrido. Essa é a minha Igreja.

Peço ao Espírito Santo para que desprograme você de todas as palavras de pessoas que disseram pra você: Você não vai conseguir! Você não vai tirar carta de motorista! Você não vai fazer faculdade! Você não vai passar de ano! Você não vai se casar! Você não vai sarar! Pessoas que disseram você vai morrer! Não dou conta, não sei não é pra mim! Toda sentença que lhe foi dada e todas as proclamações que você fez! Que o santo Espírito passe um apagado de luz agora. Você está nas mãos de Deus!

Você quer dar levantar sua saúde? Vida profissional? Você precisa se dobrar de joelhos diante de Deus.

 

Há duas maneiras de viver a vida: "Como se nada fosse milagre, ou como se tudo fosse milagre." Eu prefiro ficar com a segunda opção.

 

Transcrição e Adaptação: Cristiane Viana


Padre Márlon Múcio


Sacerdote da Comunidade Missão Sede Santos

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo