Minha intimidade com Deus

.: Ouça trecho desta homilia
São Justino (santo celebrado hoje pela Igreja) se tornou mártir, porque quis mostrar ao mundo que Jesus Cristo é o Senhor. Olhando para todas as perseguições pelas quais ele passou, percebemos que não há diferenças entre a época em que ele viveu de agora, pois também vivemos num tempo de perseguição. Basta entrar nos cinemas para ver que muitos filmes têm como objetivo principal acabar com nossa fé.

As coisas não mudaram, a cada momento enfrentamos mais a ira dos que não querem ver o Evangelho sendo anunciado. Desde o início, a Igreja é perseguida. Isso nos ajuda a não nos esquecermos de que o servo não é maior que o Seu Senhor. E se Jesus, que é o nosso Senhor, morreu, quem dirá nós.

Hoje, Ele nos convida a tomarmos uma postura diferente diante da sociedade. Quantos amigos perdemos para o mundo, porque se deixaram levar por diversas ideologias? O cristão é aquele guerreiro, aquele que nada contra correnteza.

São Justino foi um grande filósofo, um grande estudioso da Filosofia e da Palavra de Deus. E só encontrou uma verdade: Jesus Cristo! Não podemos nos esquecer de que a verdade é Jesus. Quando nos encontramos com esta verdade, o \”mundo\” vem cheio de ira para cima de nós.


Não podemos alimentar a nossa fé e a nossa caminhada com o \”lixo\” do mundo. O homem tem a ânsia de ser feliz, e quer, sinceramente, preencher o vazio que há em seu coração. Mas os homens de hoje estão se alimentando do lixo da idolatria, a qual São Justino tanto combateu.

Olhando para o livro dos Atos dos Apóstolos, encontramos as características dos primeiros cristãos: a alegria, a fração da Eucaristia, o amor fraterno, a partilha dos bens… Hoje é lamentável ver que estamos perdendo essas características.

Muitos cristãos têm andado cabisbaixos por aí, esquecendo-se de buscar o Senhor de todo o coração. A idolatria está tomando conta de nossas casas, muitos têm trocado o crucifixo e as imagens de santos por objetos de superstição.

Ouvimos no evangelho, Jesus orando por todos aqueles que iriam crer na Boa Nova. Ele rezou por você e por mim. Vivemos no caos, porque esquecemos de nossa essência. Quando perdemos a dimensão de que fomos escolhidos e acolhidos por Deus, não conseguimos enxergar a felicidade e a salvação.

São Justino não olhou para a perseguição e para o martírio, mas testemunhou Jesus, sem medo de ser julgado pelos homens. Muitas vezes, somos levados a olhar somente para os nossos problemas, para as nossas fraquezas e não conseguimos olhar para Cristo.

O cristão não pode se perder em meio às suas dores, pois ele é em Cristo mais que vencedor!Somos chamados por Deus, para neste tempo, dizer corajosamente que somos de Cristo!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo