Na escola de Maria aprendemos a servir

Padre Aloísio
Foto: Daniel Machado/CN

Quando se caminha na fé não se pergunta, mas se obedece, porque a fé nos dá esta certeza. Obedeça a Deus e obedeça à Igreja, porque quando se vive a fé tudo é possibilidade de encontro com Deus.

Maria nos ensina o caminho da missionariedade, ela sobe a montanha para prestar serviço. A nossa visita à casa de alguém precisa ser carregada dessa espiritualidade. Na escola de Maria a missão é familiar, não é estranha. Se vai à casa de alguém é para prestar o grande serviço de amor.

Quando se sobe a montanha, que quer dizer lugar de oração e contemplação, não significa subir só para ficar parado, mas também para dizer coisas importantes, pois lá no alto é que Maria pode comunicar a profecia, chegar ao coração de Isabel e, no alto, foi comunicada a Boa Nova e lá também Nossa Senhora presta serviço.

Quem reza não pode rezar somente olhando para as suas necessidades e problemas, mas a oração deve ser um serviço para todos. Quando rezamos nos lembramos de todos que nos pedem oração, isso mostra que nos colocamos a serviço do outro. Não deixe de prestar o seu serviço também, na vida de oração, para aqueles que lhe pedem oração e também por aqueles que não estão lhe fazendo esse pedido, mas que, por amor, você não deixe de orar por eles.

As riquezas do amor de Deus que chegam até nós precisam ser transmitidas aos outros. Não se pode transformar nenhuma pessoa se não for por amor. O amor que nós somos convidados a estudar com Maria é o amor Ágape, amor de fraternidade, amor de irmãos.

É lá na montanha que Nossa Senhora nos ensina o que é ter vida interior. Nós somos treinados a viver olhando para o externo e nos deixamos apavorar, nos deixamos influenciar, e ao perceber as situações do mundo, vivemos tomados de revoltas e rancor, porque ouvimos muito barulho. A Virgem Maria nos ensina uma de suas virtudes: o silêncio. Este silêncio nos ensina a ouvir a voz mais importante: a voz do Cristo. Mas também nos faz ouvir a voz dos nossos irmãos que nos pedem ajuda.

A Festa da Assunção nos convida a dar esse espaço a que Deus tem direito, de ser Deus dentro de nós, onde nós poderemos ouvir a voz e também o envio, porque esta missão tem missão de eternidade. Não podemos prestar serviço ao Senhor como se fosse algo comum, para servi-Lo é preciso servir com qualidade, empenho e amor. Para o Senhor não basta meia resposta, Ele quer tudo, não quer migalhas, porque Ele se deu para nós, no Seu Filho, por inteiro. Assim fez a Virgem Maria, ofereceu o sangue, a carne e a vida por amor, e por isso, Deus concede a ela a graça de ser aquela que nos precede na eternidade, que nos indica o caminho, mas para isso é preciso ser fiel. Fidelidade a Deus.

"Na escola de Maria aprendemos a ser missionários"
Foto: Daniel Machado/CN

Quando se é fiel pode-se cantar com todo o entusiasmo as maravilhas do Senhor. Porque Ele não escolhe pessoas preparadas, mas escolhe os fracos e frágeis para manifestar a Sua força e fazer maravilhas. A Santíssima Virgem, na sua fraqueza, lá na região de Nazaré, foi escolhida para manifestar a força de Deus, por isso ela canta o Magnificat: "A minha alma glorifica o Senhor, meu espírito exulta de alegria, em Deus meu salvador”. Esse é um dos cânticos mais belos, porque ela não cantou só com os lábios, mas com todo o coração.

Qual é a canção que você precisa cantar hoje na sua vida? A canção da adoração; da oração que diz a Deus que você depende d'Ele, porque esta é a melhor oração que precisamos cultivar em nós. Fruto disso tudo é essa graça de participar desse mistério tão profundo da glória de seu Filho e de toda a Santíssima Trindade. Mas para isso é preciso ter a coragem de não trazer no seu corpo a mentira, estéticas, imoralidades e exaltações a um corpo vazio que não tem vida, porque um corpo vazio de Deus morre, mas um corpo habitado por Deus é fonte de vida. Você não pode tornar o seu corpo um esgoto.

Santa Missa do Encontro de Arrecadadores
Foto: Daniel Machado/CN

Nós precisamos proclamar com a nossa vida as maravilhas de Deus. O Senhor não faz "cadastro" para saber quanto você vai dar de lucro ou para saber até quando você vai dar lucro para as muitas ilusões do mundo. Ele simplesmente oferece a você uma possibilidade, e sem fazer "cadastro", o acolhe, porque para ser santo não é preciso fazer cadastro.

Para mostrar que seu corpo é morada de Deus você não precisa se mostrar, mas sim, recobrir-se de dignidade, porque você que se veste assim não será confundido. Precisamos nos preocupar em nos cuidar por inteiro, porque não somos metade, podemos até ficar aos cacos, mas Deus sabe pegar esses cacos e transformá-los em uma linda obra de arte. Pedacinhos de nós colocados em Deus se tornam uma linda obra.

Na escola de Maria tudo é motivo para cantar a glória de Deus, quer na alegria, quer na dor e nas incompreensões. "O Senhor fez em mim maravilhas e santo é seu nome". Não podemos duvidar disso, pois o Todo-poderoso fez, faz e continuará fazendo maravilhas em nós. Nessa escola de Maria você vai encontrar a felicidade e a razão da sua vida: Jesus Cristo.

Veja também:

:: Canção Nova lança Bíblia on-line para dispositivos móveis

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade cristã de relacionamento
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova


Padre Aluísio Aleixo de Souza


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo