O amor verdadeiro dá segunda chance

Adriano Gonçalves – Revolução Jesus
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

“Com efeito, quando éramos ainda fracos, Cristo a seu tempo morreu pelos ímpios. Em rigor, a gente aceitaria morrer por um justo, por um homem de bem, quiçá se consentiria em morrer. Mas eis aqui uma prova brilhante de amor de Deus por nós: quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Portanto, muito mais agora, que estamos justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Se, quando éramos ainda inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, com muito mais razão, estando já reconciliados, seremos salvos por sua vida. Ainda mais: nós nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, por quem desde agora temos recebido a reconciliação! Por isso, como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todo o gênero humano, porque todos pecaram… Romanos, 5- 6

Paulo diz que Cristo nos deu o amor maior nos dando vida, mesmo nós sendo pecadores. Hoje quando alguém nos contraria, no calunia? Não queremos perdoar. O mundo nos ensina a ganhar vantagem, somos convidados a não ter lógica.

A lógica mundana nos impele a ter dinheiro, mas a lógica de Deus é humildade. O amor é ilógico que não busca seu interesse. O amor verdadeiro é quando amamos mesmo que o outro não mereça.

Mesmo quando você tem razão, ame. Somos formados, para estar no palco das nossas razões. Quem está disposto a descer para olhar nos olhos de quem traiu?

"O amor verdadeiro dá segunda chance."
Foto: Maria Andréa/Cancaonova.com

Deus me ama quando estou lá em baixo, no pecado. Deus me ama e nos pedi para amar com a cruz.

As pessoas estão carentes de amor verdadeiro. O cristianismo não tem medo de mostrar que na nossa fraqueza, somos forte. Somos feito para os fins dos tempos.

Não fomos educados para amar, somos educados para sermos bons cidadãos, mas para amar não fomos. O amor que olhemos para além das fraquezas Quer um amor maior? Quer um amor verdadeiro? Se prepare ter alguém, que primeiro vai te assumir na sua totalidade, nas qualidades e defeitos.

João Paulo II diz que o contrario do amor não é o ódio é o usar. Castidade não é só questão de transar ou não, quem vivi a castidade não usa o outro.

Homem de verdade não são aqueles que vão pegando mulheres por ai, usando os outros, e o usar vai gerando medo, insegurança e desconfiança. O amor verdadeiro preenche o seu coração.

O retrato do amor verdadeiro é a cruz. O amor não tem razão. O amor simplesmente ama.


Adriano Gonçalves


Missionário da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo