O grande segredo para conhecermos o Senhor é segui-Lo

Padre Hamilton
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Jesus partiu com seus discípulos para os povoados de Cesareia de Filipe. No caminho perguntou aos discípulos: “Quem dizem os homens que eu sou?” Eles responderam: “Alguns dizem que tu és João Batista; outros que és Elias; outros, ainda, que és um dos profetas”. Então ele perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” (Mc 8,27-33)

E pergunto a você: Quem é Jesus?

Jesus quer, no fundo, que O sigamos a cada dia. O grande segredo para conhecermos o Senhor é segui-Lo. Precisamos seguir Jesus e assim conhecê-Lo.

Assim como você recebe seu esposo e sua esposa no altar, Jesus está nos pedindo muito mais do que conhecê-Lo externamente como Filho de Deus e Salvador, Ele está nos falando para segui-Lo todos os dias da nossa vida, assim como o fazemos no casamento: na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, na pobreza e na riqueza.

São Pedro, que tinha uma vida sossegada, passou a seguir Jesus. O apóstolo também experimentou a queda, a dor e o sofrimento. Como bom discípulo de Jesus, ele caiu, "pisou na bola", mas pediu a misericórdia do Senhor. Pedro foi gente como eu e você. Quantas vezes nós voltamos atrás; mas precisamos continuar seguindo Jesus mesmo na hora da dor.

Padre Hamilton celebra Missa durante Quinta-feira de Adoração
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Precisamos perseverar e seguir Jesus não só na hora do milagre, da cura e da libertação, mas também na hora que faltar dinheiro, na hora da dor. Em todas essas horas, nós precisamos seguir o Senhor. No seguimento diário a Jesus, vamos crescendo como homens e mulheres de fé.

São Thiago diz que, se quisermos manifestar verdadeiramente a fé de Jesus, não poderemos fazer acepção de pessoas. Ele é claro quando fala que nós tratamos diferente o rico e pobre.

“Meus irmãos, a fé que tendes em nosso Senhor Jesus Cristo glorificado não deve admitir acepção de pessoas. Pois bem, imaginai que na vossa reunião entra uma pessoa com anel de ouro no dedo e bem vestida, e também um pobre, com sua roupa surrada, e vós dedicais atenção ao que está bem vestido, dizendo-lhe: “Vem sentar-te aqui, à vontade”, enquanto dizeis ao pobre: “Fica aí, de pé”, ou então: “Senta-te aqui no chão, aos meus pés”, não fizestes, então, discriminação entre vós? E não vos tornastes juízes com critérios injustos? Meus queridos irmãos, escutai: não escolheu Deus os pobres deste mundo para serem ricos na fé e herdeiros do Reino que prometeu aos que o amam? Mas vós desprezais o pobre!”

Temos de acolher os pequeninos!

 


Padre Hamilton Nascimento


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo