O Senhor no centro da vida do músico

Eles celebravam ao Senhor, cantavam para o Senhor. (1 Crônicas 25,7)

Dentre aquele grupo grande tinha 288 que eram hábeis em sua arte, e à medida em que eu for falando vocês vão entender a importância da sua função como ministros de música dentro da Igreja. Vão perceber a beleza do dom que Deus deu a vocês. E eu estou falando de organização, para vocês verem que lá com Davi, quando ele pensou em construir o templo, ele disse que a coisa tinha que ser bem organizada. Não é qualquer um que vai cantar, e os que estão a frente tem que ser conhecedores e profissionais.

OUÇA: Três livros na Bíblia que falam dos músicos

(1 Crônicas 16, 5 e 42) Não sei se vocês têm um responsável, mas lá com Davi tudo era organizado, e tinha os chefes que eram designados por Deus. E todos estavam sob a ordem do Rei Davi.

O centro do louvor é Deus, nosso Senhor, e o propósito dos músicos era cantar salmos para acompanhar os sacrifícios diários e produzir músicas para os outros dias especiais. E no coração dos levitas só tinha uma coisa: "Que Deus nos inspire um cântico novo. Para que quando o sacrifício acontecer, as pessoas sejam tocadas pela emoção da música cheguem ao trono de Deus, a alma delas seja levada ao trono do Senhor, seja levada ao coração daquele é o Criador de todas as coisas, que nos deu a vida". É aquele que nos amou tanto que enviou o seu Filho para dar a vida por cada um de nós, que morreu no calvário e derramou o seu sangue por nós. A Ele a adoração, a Ele a glória e o louvor.

E eles tocavam as trombetas, glorificando a Deus pelos benefícios que Deus havia feito na vida deles. Foi Deus quem nos tirou do Egito, que abriu o mar e nós passamos. Ele mandou o maná que veio do céu, e da rocha saiu água.
Estas eram as motivações pelas quais os ministros estavam ali no templo. Os ministros de música precisam conhecer bastante a Sagrada Escritura, pois é da própria Palavra que o Espírito Santo vem e trás as inspirações. Na música, os músicos vão narrando as glórias do Senhor.

.: Adquira em MP3 todas as palestras deste Acampamento

A música deve ser centrada naquele que andou sobre o mar, que perdoou Maria Madalena e ressuscitou Lázaro. Quando isso for colocado em letras para ser cantado, os depressivos vão se erguer, os que perdem a esperança vão se levantar, e realmente vai acontecer o que o profeta Isaías dizia: "O deserto vai florir!"

Deus prometeu que enviaria o Messias, e eles cantavam diante da arca nesta esperança. Deus prometeu, e o Messias chegou.

(Deuteronômio 31,19) Para que o povo decorasse a lei, Deus pediu a Moisés que colocasse a lei cantada. O Salmo 18,8 nos ajuda a entender o que é essa lei cantada. "A lei do Senhor é perfeita, reconforta a alma, a ordem do Senhor é segura e instrui os simples". A lei era cantada para que o povo pudesse decorar e se voltar para Deus.

O centro da música é Deus e será sempre Deus. E através da música eu celebro as maravilhas de Deus na minha vida.
Você tem experimentado a presença de Deus na sua vida, através da música?

O desejo de Davi era levar a Arca para Jerusalém, e ele não se conteve: colocou os músicos à frente da Arca e foi dançando e Glorificando a Deus. O ministro de música tem que ter na mente os livros das Crônicas – na mente e no coração. Davi vibrava porque a Arca estava sendo levado para onde o Senhor iria dar a vida.

OUÇA: O Senhor tem que estar no centro do louvor

(II Crônicas 5,12) Deus disse que não seria o rei Davi que construiria o templo, mas sim Salomão. Foi Salomão quem inaugurou o Templo. "Louvai ao Senhor porque Ele é bom, porque é eterna a sua misericórdia".

Quando o ministros de música cantam reconhecendo que Deus é Deus, então Deus desce do céu e se põe na presença do povo. E quando Deus manifesta a sua glória, a gente não agüenta. Por isso muitas pessoas repousam, porque diante da presença de Deus ninguém agüenta ficar em pé. E Deus que desce na terra e nos caímos no chão.

Veja no livro de Neemias 12,27. A inauguração das muralhas de Jerusalém, foram chamados de todos os lugares os levitas para celebrar as maravilhas de Deus. Eles celebraram com alegria a restauração de uma muralha, muito mais temos nós de celebrar, pois o inimigo nos jogou no chão, mas o Pai em seu amor nos enviou seu Filho e nós somos restaurados. Jesus restaura as muralhas que foram destruídas nas nossas vidas. Assim como nos Salmos, nós devemos celebrar, adorar e glorificar o nosso Deus.

Que a música neste festival seja para adorar o nosso Senhor que deu a vida na cruz por nós. E quando o povo cantar, que eles se dobrem diante de Deus para louvá-Lo.

Veja o que vai acontecer lá no céu quando nos depararmos com São Miguel, São Rafael e todos os anjos e santos de nossa devoção. Por que estamos todos voltados para aquele que é o centro, vamos estar diante do Cordeiro, aquele que ao pronunciar o seu nome todo joelho se dobra. Se o centro é Jesus, veja o que eles cantam no céu. Eis o centro da nossa canção, razão da nossa adoração. (Apocalipse 11,5)

Transcrição: Célia Grego
Fotos: Renan Félix


ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE
(12) 3186-2600


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo