Se Jesus não for nosso alimento, nenhum outro nos será necessário

A religião não oprime o homem; ao contrário, ela abre a cabeça dele para coisas maiores. Ela não tem a função de tornar as pessoas cegas. Aliás, quem é fiel a Deus enxerga tudo e não tem dificuldades no sofrimento, porque tem uma visão espiritual daquilo que está acontecendo.

Meus irmãos, quem está em Deus não tem como errar, porque tudo o que fizer, tudo o que realizar, tem o preceito de Deus, a orientação do Senhor.

Nós sabemos que, pela história, nem todos foram fiéis, mas percebemos que, apesar das infidelidades dos homens, Deus foi fiel, Ele nunca abandonou seu povo. E quem é este Rei que vai reinar com cetro de ferro e nos dar a garantia de um reino eterno? É Jesus. Ele é o Rei.

A Igreja tem um Rei diferente de todos os outros reis. O Rei eterno, indestrutível, que tem o domínio sobre todos os outros reinos. É dessa forma que a sucessão de Davi se consolida em Jesus.

Padre João Gualberto
Foto: Wesley Almeida

Quando o Senhor se apresentou publicamente, ele disse que não veio tirar nem um “til”, nem um “jota” da Lei; ao contrário, Ele veio dar pleno complemento a ela. Os estatutos, os preceitos do Senhor são eternos, imutáveis, são para todo o sempre, porque nosso Deus faz sempre novas todas as coisas. Os mandamentos, os ensinamentos são sempre novos.

A Palavra de Deus não é uma escrita apenas, algo que alguém pensou. Não. É a Palavra de Deus para nós, homens e mulheres. É um palavra de vida sempre nova. O Senhor tem o desejo de sempre fazer novas todas as coisas. A Sagrada Escritura está cheia de exemplos disso. Quantas vezes Deus levantou o povo de Israel, ensinou esse povo para que ele nunca saísse do caminho da verdade, da justiça!

“Jesus chamou os doze e começou a enviá-los dois a dois, dando-lhes poder sobre os espíritos impuros. Recomendou-lhes que não levassem nada para o caminho, a não ser um cajado; nem pão, nem sacola, nem dinheiro na cintura” (Mc 6,7-8).

Quem diz 'sim' sofre; mas sofre na alegria de saber que Deus não o abandonará. Todo ensinamento está na Lei de Jesus e Ele chama os discípulos para junto de Si. Por isso, proclamamos que a Igreja está sobre a pedra firme, que é Jesus Cristo; e nada a destrói. Dela saíram os doze apóstolos que foram enviados a pregar o Evangelho.

É muito sério quando Deus chama, quando Ele nos envia para anunciar a Sua Palavra. Não podemos dizer 'não'. Precisamos dizer 'sim', porque Ele nos capacitou para isso.

'Quando recebemos a Palavra de Deus, nós a reconhecemos e a acolhemos'
Foto: Wesley Almeida

Quando recebemos a Palavra de Deus, nós a reconhecemos e a acolhemos. Então, aquele espírito impuro que habita em nós vai embora, porque estamos assumindo a Palavra de Deus em nossa vida.

Jesus é o Senhor dos senhores, o alimento eterno; por isso precisa ser o único. Se não for Ele o nosso alimento, nenhum outro alimento nos será necessário. É isso o que Ele quer ser na nossa vida. Olhe a Igreja hoje, Jesus dá instruções aos discípulos para que eles realizem o seu ministério apostólico.

Povo de Deus, escute as orientações da Igreja para não se perderem no caminho. Acolhemos, hoje, Jesus. É preciso ser fiel. Não fechemos o nosso coração. Hoje, Cristo ensina e orienta o Seu povo, e Ele escolheu a forma mais simples para estar presente: a Eucaristia. Ele é capaz de saciar a nossa fome e nos dar a vida eterna, porque Ele é a vida eterna. E o desejo do Senhor não é outro, senão a salvação.


Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso

ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600

Veja também:

:: O que é Eucaristia?
:: Volta do Filho Pródigo
:: Leia este conteúdo no Iphone
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova


Padre João Gualberto


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo