Sem disciplina não há santidade

Padre Hamilton Nascimento
Foto: Natalino Ueda/ Cancaonova.com

''Súplica. De Moisés, homem de Deus. Senhor, tu foste o nosso refúgio de geração em geração. Antes que os montes nascessem e a terra e o mundo fossem gerados, desde sempre e para sempre tu és Deus. Tu reduzes o homem ao pó, dizendo: "Voltem, filhos de Adão!" Mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem, que passou, uma vigília dentro da noite. Tu os semeias ano por ano, como erva que se renova: de manhã ela germina e brota, de tarde a cortam, e ela seca. Sim, tua ira nos consumiu, e teu furor nos transtornou. Colocaste nossas faltas à tua frente, nossos segredos sob a luz da tua face. Nossos dias passaram sob a tua cólera, e como suspiro nossos anos se acabaram. Setenta anos é o tempo da nossa vida, oitenta anos, se ela for vigorosa. E a maior parte deles é fadiga inútil, pois passam depressa, e nós voamos. Quem conhece a força da tua ira, e quem sentiu o peso do teu furor? Ensina-nos a contar os nossos anos, para que tenhamos coração sensato! Volta-te, Javé! Até quando? Tem compaixão dos teus servos! Sacia-nos com o teu amor pela manhã, e nossa vida será júbilo e alegria. Que os teus servos vejam a tua obra, e os filhos deles o teu esplendor. Que a bondade do Senhor venha sobre nós e confirme a obra de nossas mãos'' (Salmo 90).

Deus, muitas vezes, deve interferir em nossa vida, pois o Pai corrige Seu Filho, porque quer fazer dele um homem bom. Este Salmo é uma meditação sobre o tempo, porque, desde a antiguidade, a Igreja Nossa Mãe sempre falou com o tempo. Nós estamos vivendo dias atuais, estamos vivendo um período absolutamente acelerado, como a água que se esvai pelas nossas mãos. Muitas pessoas tentam disciplinar o tempo, mas o perdem. Se nós não abrirmos os nossos olhos, perderemos esse tempo da graça de Deus.

Há muita superficialidade em nós! Quanto tempo perdemos com coisas que não valem nada! Por isso, a partir de hoje, fiquemos mais atentos em relação ao que estamos perdendo. Dizem os sábios: ''é justamente na relação de tempo que se sabe o tempo do homem com Deus''.

Hoje é o tempo, a oportunidade que temos para fazer com que Deus entre em nossa casa e nos faça homens e mulheres de fé. Sem disciplina não há santidade.

Como você se relaciona com o tempo que Deus lhe dá? Nesse seu tempo, há espaço para Ele, para a oração? Aquele que não estabelece um tempo para o Senhor não tem tempo para ninguém! 

Toda relação carece de intimidade, por isso é preciso disciplinar essa relação com Deus. Existe um tempo para cada coisa, mas precisamos estar atentos a ele. Para sermos homens e mulheres, verdadeiramente de Deus, precisamos ordenar o nosso tempo com Ele! Meus irmãos e irmãs, não há como crescer em sabedoria se não tivermos uma organização do nosso tempo.

O tempo de Deus é uma bênção!
Foto: Natalino Ueda/ Cancaonova.com

Uma pessoa sem sabedoria vive pouco tempo, vive angustiada e não sabe esperar. Calma! Uma coisa de cada vez, cada coisa em seu tempo. Não fique nesse "frenesi"! O tempo de Deus é uma bênção!

Parabéns para aqueles que tomam a decisão de começar a ordenar o seu tempo para estar com o Senhor. Você está fazendo a coisa certa! Não fique simplesmente cantando o pagodinho: ''Deixa a vida me levar, vida leva eu… '' Não venha reclamar da sorte, muito menos de Deus, pois se você não tem disciplina, domínio do seu tempo, sua vida nunca dará certo. O pagodinho correto para a sua vida é: ''É devagar, é de devagar…'' É devagar que a vida acontece, e não toda de uma vez só. Cada coisa tem seu tempo, tudo é organizado!


Transcrição e adaptação: Karina Aparecida


Padre Hamilton Nascimento


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo