Sempre verdadeiros

Hoje, estamos comemorando a festa de São Bartolomeu, que fez a pergunta: \”Pode vir algo de bom de Nazaré?\” Com certeza, era um jovem frustrado, e talvez tenha tido alguma decepção com a cidade de Nazaré.

Ouça: \”Hoje estamos na festa de São Bartolomeu.\”

Natanael, que quer dizer \”dom de Deus\”, que passou a ser chamado de Bartolomeu, demonstrou que era um jovem frustrado com tantas promessas. Mas, um dia, ele se encontra com Jesus, que revela já tê-lo visto debaixo da figueira, e lhe diz: \”Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade…\”

Bartolomeu era um homem que, apesar de suas decepções, não deixou de amar a Deus. Jesus viu nele um homem de fé, sem falsidade. Esta frase de Jesus deve servir para cada um de nós: \”Aí está um goiano, um paulista, um carioca, um mineiro… homens e mulheres sem falsidade!\”

Não podemos ser falsos com nós mesmos! Quando entrarmos em nossos quartos e fecharmos a porta devemos ser um testemunho para nós mesmos, não podemos viver de maneira falsa. Quando somos falsos para nós mesmos, endurecemos o nosso coração e nos fechamos para a vida.

Devemos dar testemunho onde quer que estejamos, e olhar sempre a graça de Deus à nossa volta. Compete a cada um de nós ser verdadeiros com as pessoas de nossas casas e com as que estão no ambiente em que trabalhamos ou freqüentamos. Quanto mais honestos formos, tanto mais pessoas traremos para Deus.

Ouça: \”Eu sou totalmente feliz…\”

A pessoa que não vive na falsidade, que não guarda para si suas dores, vai se tornando uma pessoa feliz. Já que nós buscamos ser felizes, a cada dia, eis aí uma grande receita: Sermos honestos com nós mesmos.

Seja um cristão que busca conformar-se com Jesus Cristo, que quer ter a face d\’Ele refletida em você. Jesus toca no ponto de conhecimento de Bartolomeu, quando ele reconhece quem é Jesus. Quando somos verdadeiros, também reconhecemos o Mestre.

Em pouco tempo, este apóstolo foi martirizado, ele que viu Jesus ressuscitar e subir aos céus. Quanto mais nos dispormos ao martírio, tanto mais pessoas irão aderir ao Evangelho, a Jesus Cristo.

Você está sofrendo? Então diga a Jesus: \”Eu não vou abandoná-Lo, Senhor!\” Que o martírio venha, mas que seja para a glória de Deus!

Transcrição e áudios: Claudenilson José
Fotos: Anderson Nunes


Padre Cleidimar Moreira


Sacerdote da Diocese de Goiânia

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo