Servos da verdade

Só aquele que é bondoso e que põe em prática a Palavra de Deus, pode ser herdeiro de Suas promessas, de Seu Reino.

Entendemos que não dá para se ter uma vida dupla. Acabamos nos enganando a nós mesmos quando fazemos isso. Podemos até levar, por algum tempo, uma vida dupla. Mas o único enganado nessa história, no fundo no fundo, seremos nós.

Ouça: \”Somente aquele que põe em prática a palavra da verdade pode ser herdeiro de Deus…\”

Quando estivermos diante do Senhor, para Lhe prestar contas, não teremos como nos justificar, pois toda nossa história de vida já terá falado por nós. Por isso é preciso dar um passo de entrega ao Senhor.

Será que o que realizamos está fundamentado na verdade? Será que tudo aquilo que realizamos é fruto de nossa maior identidade que é o amor? Diante de Deus, que é pura luz, não há como esconder a falta de verdade. O que vai nos salvar é a verdade que assumimos em nossa vida, em nossa história.

Nesta busca da verdadeira vontade do Pai, nós devemos parar e refletir sobre qual é a nossa real condição.

\”Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha. Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!\” (Mt 7,24-27)

Eu preciso entrar na casa do Senhor com este desejo em minha alma, desejo de buscar a verdade. Se você não for servo da verdade, não poderá ser um seguidor de Jesus Cristo. Se seu fundamento está nas mentiras, é hora e tempo de mudar. Pense que, depois de passarmos por esta vida, poderemos amargamente escutar do Senhor: \”Não o conheço\”.

Tudo aquilo que é aparência, que é \’casca\’ em nós, precisa cair por terra. Este Evangelho quer nos provocar, para que revelemos os \’construtores\’ que realmente somos.

Ouvir é praticar, deixar que Senhor realize esta verdade em nós. Os grandes pecados começaram, um dia, a partir de nossas pequenas fragilidades. Em quantas situações de mossa vida, preferimos ouvir os falsos elogios do que a verdade que nos liberta?

Que tendo amor pela Palavra de Deus, ganhemos forças para reagir. A verdade nunca vai perecer, pois ela é firme em si mesma. A verdade suporta a provação; a mentira, não.

\”Sê vigilante e consolida o resto que ia morrer, pois não achei tuas obras perfeitas diante de meu Deus. Lembra-te de como recebeste e ouviste a doutrina. Observa-a e arrepende-te. Se não vigiares, virei a ti como um ladrão, e não saberás a que horas te surpreenderei\”. (Ap 3, 2-3)

Eu quis somar este texto bíblico a esta homilia, para dizer que muitos estão vivendo assim, têm aparência de vivo, mas estão mortos. Vivem somente da aparência, têm dupla personalidade.

O nosso erro, muitas vezes, está em não assumirmos quem realmente somos. Tomemos uma decisão enquanto há tempo. Que sua vida responda e corresponda a esta verdade e mostre que vale a pena ser Deus.

É hora de lançarmos fora a infidelidade e abraçarmos a verdade de Cristo.

Transcrição e áudio: Claudenilson José
Fotos: Paulo Sérgio


Adquira esta pregação em CD ou VHS
Ligue: (12) 3186-2600


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo