Sinais de salvação

Vamos falar dos sinais de salvação!

Deus olha para a nossa realidade de pecado e de trevas, e proclama que vai levantar um grande sinal. Jesus Cristo é o nosso grande sinal.

O primeiro sinal de Deus é a encarnação do Verbo. É encarnação dom filho de Deus, no ventre santo de Maria. No natal lembrado o Deus conosco, o Deus Emanuel.

O segundo sinal que deus nos deu, foi a paixão. O mesmo deus que se encarnou e se fez homem, agora se deixa flagelar e crucificar, para que cada um de nós seja salvos. Um deus doação.

O terceiro sinal é a ressurreição. A cruz não é o fim, mas o começo de um novo tempo de graça, de uma nova vida e de reviver, da alegria eterna na graça ressurreição.

O quarto sinal é o pentecostes, no qual nós nos aproximamos e esperamos com grande expectativa. O Espírito que nos da a vida, que nos faz ser diferente de todas as outras pessoas. Tudo se completa com a vinda do Espírito Santo.

Se na ressurreição contemplamos o ressuscitado, passamos a fazer parte da Igreja do ressuscitado que é impulsionada pelo Espírito. Devemos ser no dia-a-dia um grupo impulsionado pelo Espírito Santo para a missão. Um grupo que usa dos dons que o Espírito os concede para realizar grandes sinais.

Precisamos ser um grupo que abrace os sinais que o Senhor nos da, e viva mostrando com a vida que o ressuscitado está entre nós.

Não podemos ser cristãos lights, soft, diets, fogo de palha, roda pé, “nada”, zen, fogos de artifício, afastólico, esconditólico, etc.

Ouça: Padre Reginaldo explica cada um dos tipos de cristãos 

Precisamos ser cristãos ativos, pois enquanto tiver uma pessoa na terra que precise de oração, mesmo no céu teremos trabalho.

Deus deu os sinais, só nos basta acreditar!


Padre Reginaldo Albuquerque


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo