Somos morada de Deus

Padre Mario Marcelo
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN
"Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho". Dizemos na oração do Credo: "seu único Filho", mas Jesus também nos ensinou a sermos filhos de Deus e a chamarmos Deus de "Pai". Somos filhos de Deus, pois na cruz Cristo nos deu a dignidade de sermos chamados de filhos e filhas de Deus. Não somos somente filhos, mas também moradas de Deus, somos templos do Espírito Santo, São Paulo nos diz isso.

O povo do Antigo Testamento acreditava que Deus morava em templos, mas depois da Encarnação no Verbo, Deus mora em nossos corações; onde nós estamos a Igreja está presente. Mas o nosso problema é que não somos capazes de compreender isso, não somos capazes de perceber que somos Igreja, que Deus mora em nós. Pode ser o maior criminoso, Deus mora nele. Papa João Paulo diz o seguinte, ao se referir aos discípulos de Emaús: “Deus não só ficou com eles, Deus ficou neles”, somos templos do Espírito Santo, Deus também fica em nós. "Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá. Porque o templo de Deus é sagrado – e isto sois vós" (1Co 3, 16-17).

Se nós olharmos o que o mundo está fazendo, e até nós mesmos, veremos que estamos destruindo o templo de Deus, que somos nós, porque nos esquecemos de que somos morada de Deus. Quantos jovens estão destruindo a vida, o templo de Deus, pela prostituição, pela droga, pelo alcoolismo, violência, agressão física, falando mal de alguém, pois, se eu falo mal de alguém eu estou falando mal da Igreja, pois o outro também é Igreja.

Nós temos dignidade, somos templos do Espírito Santo, o Senhor vai nos impulsionando, vai nos conduzindo, pois Ele habita em cada um de nós, para que a Igreja de Deus seja melhor. O que faz as pessoas compreenderem que são templos do Senhor é o próprio Espírito Santo. Às vezes fico pensando na nossa docilidade à ação do Espírito Santo; a Igreja nos ensina a todo momento a pedirmos o Espírito Santo, mas nós temos de ter consciência de que Ele está em nós. Por isso, precisamos dizer: “Espírito Santo, que já está em mim, aja em mim.” O importante é O deixarmos agir em nós. Se nós caímos em tentação, é porque não deixamos o Espírito Santo habitar em nós, nenhuma tentação é mais forte do que a graça de Deus que está em nós.

"O Senhor age na simplicidade das situações, das pessoas, na predisposição de cada um"
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN

Quando nós chegarmos diante de Deus, poderemos até dizer: “Senhor, fui fraco, eu não resisti, eu não lutei o suficiente”, mas nunca poderemos dizer: “Senhor, eu não sabia”, pois todos sabemos. “Senhor, quando estiveste nu, com fome ou preso”, não precisa ninguém  falar a você, pois o Espírito já vai lhe revelando. Até quem nega o Espírito Santo, tenha certeza de que Ele se revela a essa pessoa, pois o Ele habita em todos nós. Nós somos santos, e o que fazemos com esta santidade? Deus nos oferece o presente, que é o Espírito, mas o que fazemos com esse presente? Nós O deixamos agir em nosso interior ou O deixamos guardado?

Quando eu peço ao Espírito que venha sobre mim, eu tenho de dizer: “Espírito, que já mora em mim, transforma minha vida”. E quem se coloca nessa disposição, Deus agirá. O Senhor age na simplicidade das situações, das pessoas, na predisposição de cada um.

"Ao mesmo tempo, ouvi do trono uma grande voz que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens. Habitará com eles e serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles" (Ap 21, 3). Deus habita conosco, porque cada irmão habita conosco, assim, Ele está presente aqui, porque neste ambiente há Eucaristia. Mas não é só assim, é porque você, que é morada d'Ele, está aqui. Às vezes a correria é tanto que não somos capazes de perceber que Deus está aqui.

"É importante refletirmos o que estamos fazendo com nós que somos morada de Deus"
Foto: Wesley Almeida/ Foto CN

A Igreja é a comunhão de Igrejas, que somos cada um de nós, quando nos reunimos, em volta da igreja. Muito mais do que a Igreja física, mas a Igreja que somos nós. É importante refletirmos o que estamos fazendo com nós que somos morada de Deus, mas não só nós, aquele que estão do nosso lado, na vizinhança, nos presídios. As pessoas têm de nos respeitar porque somos morada de Deus! Da mesma forma, também temos de respeitar o outro por ele também ser morada de Deus Pai. Por essa razão, de vez em quando temos que olhar no espelho e dizer: "Como sou lindo! Olha a maravilha, que é o templo de Deus, que sou eu!".


Transcrição e adaptação: Regiane Calixto


ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE (12) 3186 2600



Padre Mario Marcelo, scj


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo