Tomo posse da bênção de hoje

.: Ouça esta pregação na íntegra

Hoje, o Senhor está nos ensinando a pedir logo cedo e a tomar posse desta bênção: \”Senhor, meu Pai, por favor abençoa-me. E até quero pedir: abençoa-me muito\”.

Parece até uma oração egoísta. Eu poderia pedir que o Senhor abençoasse aos outros, a nossa família, nossos amigos, nossos trabalhos, mas preciso pedir que Deus me abençoe, porque a coisa de que eu mais preciso é da bênção de Deus. Por isso podemos cantar:

\”Eu tomo posse da graça de Deus, tomo posse da cura, Senhor. Tomo posse da bênção de hoje\”.

A cada dia, Deus tem uma bênção para você e é preciso tomar posse desta bênção. O maná era dado ao povo de Israel a cada dia, então, Deus ensinou a buscá-lo a cada dia, porque ele se desfazia quando o sol nascia. Eles tinham de colhê-lo logo cedo e tinham de consumi-lo no mesmo dia, porque se eles guardassem, apodreceria.

Nós, em geral, não entendemos bem a palavra \”bênção\”. Temos o costume de dizer uns aos outros \”Deus te abençoe\”, mas nem temos noção do que realmente significa isso.

Bênção é um presente, uma graça totalmente gratuita.

No salmo 126, (utilizado na oração da manhã de hoje) vemos uma demonstração maravilhosa da graça de Deus. No início, ele fala do nosso trabalho e a segunda parte fala dos filhos.

Para os judeus, os filhos era a maior bênção, superior a tudo o que eles tinham e a tudo o que poderiam construir. Naquele tempo, nem entendiam como o filho era formado, ficavam estupefatos de ver que ele se formava no ventre da mãe, sem que alguém interferisse.

Para ter os bens necessários para sua vida, tinham de trabalhar duro, mas para ter os filhos não precisavam trabalhar – o filho era o dom por excelência.

Deus é Pai, mas não é paternalista – não faz aquilo que podemos fazer por nós mesmos. A bênção que Deus me dá é aquilo que eu não posso fazer por mim mesmo, está acima da minha natureza.

Se o Senhor lhe dá uma bênção para cada dia, assim como dava o maná para o povo de Israel, você precisa pegar esta bênção.

A graça de Deus nunca é demais. Você pode e precisa pedi-la a cada dia: \”Abençoa-me e abençoa-me muito\”. Isto não é egoísmo, mas necessidade.

É Deus quem sabe como e quando a bênção vai atingir a nossa vida. Você não precisa se preocupar quando Deus vai agir, mas apenas tomar posse da bênção que Ele lhe dá.

Ele quer que você aprenda a pedir, porque pode ser que a bênção daquele dia reflita na sua vida inteira.

Vivi um momento de hesitação na minha vocação, em que eu parei para \”fazer as contas\”, para pensar como seria se eu saísse do seminário naquela época. Pensei se eu seria capaz de ter e sustentar uma família, e vi que eu seria, sim, capaz disso. Fui escrevendo, fiz as contas com papel e lápis. Quando terminei, amassei o papel e joguei no cesto de lixo – foi a melhor \”cesta\” que já fiz na minha vida.

Sei que se eu formasse uma família, ela seria linda. Mas sei também que este não era o plano de Deus para mim. Nós nem estaríamos aqui, se eu não tivesse \”acertado\” aquela cesta.

Se eles não comessem o maná no mesmo dia, ele estragaria, pior ainda: apodreceria. Meu filho, aprenda a tomar posse da bênção no dia de hoje!

Vamos ler a menor narração de cura na Bíblia:
\”A sogra de Simão estava de cama, com febre; e sem tardar, falaram-lhe a respeito dela. Aproximando-se Ele, tomou-a pela mão e levantou-a; imediatamente a febre a deixou e ela pôs-se a servi-los\”. (Marcos 1,30-31)

Os três evangelhos sinóticos narram esta cura, que parece muito insignificante. A sogra de Pedro estava com febre, e nós sabemos que febre não é doença, mas sintoma de uma doença. Qual seria então a doença daquela mulher?

Você pode calcular que aquela mulher se sentia a última das criaturas. Se sentindo inútil, estava ali, dependendo dos outros, não se amava e nem se sentia amada. Aquilo que chamamos de auto-estima tinha ido para o lixo. Talvez fosse assim que estava a sogra de Pedro. E quanta gente hoje se sente assim, por mil razões.

Provavelmente a mágoa crescia no coração dela, se sentindo inconveniente por causa da sua situação de doença, com o sentimento de auto-piedade.

Mas, ela teve uma bênção naquele dia: Jesus foi à casa dela e fez um milagre; na verdade, muito mais no espírito do que no físico dela.
\”… levantou-a; imediatamente a febre a deixou e ela pôs-se a servi-los\”.

O Senhor está fazendo isso com você no dia de hoje: levantando você assim como fez com aquela mulher, que levantou-se e começou a servi-Lo.

A auto-piedade que existe dentro de você, o sentimento de inferioridade, de rejeição vai para longe. Neste dia, há uma bênção do Senhor para você, por isso, tome posse dela!

Ouça a música: \”Tomo posse\”

Bênçãos são derramadas a cada instante.
Há sempre um novo milagre para acontecer, pois
Deus quer quebrar as cadeias, romper as correntes.
EEle quer libertar e curar todo aquele que crê.

\”Eu tomo posse da graça de Deus,
tomo posse da cura, Senhor. Tomo posse da bênção de hoje\”

Tome posse, pois o Senhor sabe onde você mais precisa desta bênção. E a primeira bênção é aprender a pedir que Ele o abençoe muito e a segunda é aprender a tomar posse da bênção de cada dia. Essa bênção é algo que você não poderia fazer por si mesmo.

O Senhor nos abençoa, mostra que temos valor e nos torna fonte de bênção para os outros.

O Senhor me abençoa a cada dia, para que eu seja curado para amar, curado para servir. Quero tomar posse.

Aquela mulher era infeliz, porque não amava, porque não servia e achava que não servia para nada. Depois da bênção, tudo mudou.

\”Abençoa-me para que eu ame e sirva, porque eu sirvo para muita coisa. Eu sou uma bênção!\”.

Transcrição: Tatiana Gomes
Fotos: Claudenilson José
Áudios: Elcka Torres


Monsenhor Jonas Abib


Fundador da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo