Tudo posso Naquele que me fortalece

 

Padre Bruno Costa
Foto: Natalino Ueda

Estamos na segunda semana da Quaresma. Quaresma não é tempo de tristeza. Você precisa tomar "vergonha na cara" e mudar de vida! É tempo de decisões. Existem três colunas no tempo quaresmal que temos de viver intensamente: oração, jejum e caridade; não a tristeza. Quaresma é tempo de mudança!

Jesus é o Homem perfeito a quem eu preciso seguir os passos como cristão. Ao fazermos, neste ano, a Via-Sacra na Terra Santa, debaixo de chuva, havia um mercado e, enquanto rezávamos o terço, alguém que estava nele caçoava de nós; e foi isso pelo qual Nosso Senhor passou.

Quaresma é tempo de mudança, pois, ao assumir a sua cruz, você entra na redenção.

A primeira leitura vai falara sobre José, que era o filho escolhido do pai, e os irmãos, vendo que ele era o mais amado, deixaram a inveja entrar em seus corações. E ele foi vendido, depois, ainda salvou seus próprios irmãos que o julgaram.

Queremos tirar proveito das pessoas e situações e, muitas vezes, tiramos e esquecemos que no outro está Cristo Jesus. Quem ama a Deus aqui? É fácil amar a Deus, mas e os irmãos? Cristo está em mim, Cristo está em você. Precisamos amar uns aos outros. É um desafio, mas o problema da humanidade é este: Queremos estar em primeiro lugar, desejamos os proveitos deste mundo, porque somos egoístas.

O que a Palavra nos pede hoje é a confiança divina. Cristo já morreu por nós, para nos salvar, por isso temos de viver esse amor verdadeiro. E por causa do Senhor, que morreu todos nós, todos tiveram a salvação. “Não sou eu que vivo, mas Cristo que vive em mim”.

Como nós vivemos a nossa fé no mundo de hoje? Será que eu tenho feito como os irmãos de José? Detesto determinadas situações feitas na Quaresma, como: “Eu fico sem comer isso e aquilo”, mas depois que passa come tudo de novo. A Quaresma deve ir além disso, eu não estou condenando quem faz isso, mas é preciso ter atitudes concretas de mudança de vida.

Eu vou ficar muito bravo com a mulher que chegar ao final dos quarenta dias dizendo: “Eu perdi dez kilos”! Quaresma não é para emagrecer! Faça jejum sim! Mas tire do seu bolso o dinheiro e dê a quem está sem comer. Não sou mais santo do ninguém, eu estava em Aparecida (SP), e queria muito comer carne, e faz quinze dias que não como carne. Aprendi que vontade dá e passa. Então fiz meu prato, e coloquei peixe. Havia um moço que estava rodeando as comidas, percebendo que ele não tinha nada para comer, dei dez reais a ele. Ele agradeceu e foi embora. Fiquei muito feliz, porque a carne que eu não comi, ele comeu.

Enquanto retornava da viagem, estava rezando e o que Deus colocava no meu coração é que a Quaresma vai acabar, mas minhas atitudes boas precisam continuar! O que adianta ficar sem beber, e depois do tempo quaresmal beber até “cair”. Perseveremos na fé para a nossa salvação!

"A perseverança é o segredo dos fortes", exorta padre Bruno
Foto: Natalino Ueda/CN

 
Aí está o segredo, “a perseverança é o segredo dos fortes”. Uma vez eu disse: Que precisamos ser estrela, para brilhar, mas a luz que brilha em nós não é nossa. A Quaresma precisa fazer com que vivamos nosso testemunho de cirstãos. A estrela não tem luz própria, e quem a faz brilhar é o sol, assim somos nós: quem nos ilumina é Jesus. A luz não foi feita para ficar debaixo da cama, mas para iluminar.

E depois que você voltar para casa, é preciso perseverar! É difícil, mas é possível. Faça a diferença onde você está, faça valer a pena, não queira ser mais um!

José do Egito tinha tudo para condenar seus irmãos, mas mostrou na vida o que era para ser feito. Por isso a palavra de hoje é perseverança! Só vamos conseguir ser santos se perseverarmos. O Salmo de hoje diz: “Lembrai sempre as maravilhas do Senhor”. Nossa tendência é ficar com o que é ruim. Não podemos! Temos que ir além, esse é o segredo, não parar e lançar-se cada vez mais em Cristo.

Mesmo no tempo quaresmal vou viver um tempo novo, um tempo de alegria. Quantas coisas você não viveu neste ano de 2014? Quantas lutas? Quantas decisões? Mas Deus agora o convida a pedir essa constância!

Na homília do nosso Papa emérito Bento XVI, em visita a Portugal, afirmou que o grande problema da juventude é a falta da perseverança. Todos nós temos desafios, mas quando perseveramos, damos passos para frente podemos afirmar: “Posso tudo posso n'Aquele que me fortalece”! 

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D'Onofrio 

 


Padre Bruno Costa


Sacerdote da Comunidade Canção Nova.

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo