Feliz quem vive a Palavra como Maria

Pregação Padre Roger Luís

Padre Roger Luis. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Fomos consagrados a Deus pelo ‘sim’ de Maria

Desde o batismo somos revestidos de Cristo de todo esplendor de Cristo pela graça do batismo.

“Senhor, quero assumir, a partir da Sua Palavra, a graça revelada para mim. Quero ser herdeiro dessa promessa do céu, porque a promessa feita a Abraão se cumpre em Jesus Cristo. Não há lugar para a derrota, não há espaço, na minha vida como herdeiro, para o demônio. Com Cristo eu vou vencer, ressuscitando no juízo final.”

Jesus nos dá uma formação: “Muito mais felizes são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põe em prática”. Aqui, há um segredo para nós: a felicidade está em colocar em prática a Palavra do Senhor, viver o Seu ensinamento. Mas não podemos penas escutá-la, é preciso também vivê-la, permitir que a Palavra provoque conversão em nós, mude nossa maneira de ver o mundo, o caminho que Deus quer fazer.

“No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, pois não conheço homem?Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus. Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida por estéril, porque a Deus nenhuma coisa é impossível. Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela” (Lc 1, 26-38).

Maria não impôs condições às palavras do anjo. Ela estava interessada apenas em fazer a vontade do Senhor, por isso disse: “Eis a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a vossa palavra”. Ela é o modelo que devemos seguir, pois é fiel à Palavra de Deus.

Pregação Padre Roger Luís

“Maria é o modelo que devemos seguir, pois é fiel à Palavra de Deus”, ensina padre Roger. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

No dia em que você for tentado a negar Nossa Senhora, a dizer ‘não’ à oração da Ave-Maria, peça ao Espírito Santo que você seja como Isabel, aquela que proclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre”.

Meus irmãos e minhas irmãs, não tenham medo de amar a Virgem Maria, não tenham medo de reconhecer que ela é bendita entre todas as mulheres, importante na história da salvação.

Temos de nos maravilhar, nos entusiasmar com a salvação, com a Mãe que nos foi dada. “Todas as gerações me proclamarão bem-aventuradas”. Papa Francisco nos disse: “Um cristão que não tem Maria por sua mãe é um cristão pela metade”.

Nossa Senhora é modelo de fidelidade, é prova de que a Palavra de Deus nos dá têmpera, resiliência para enfrentarmos os sofrimentos da nossa vida.

Você quer ser feliz? Imite Nossa Senhora, aplique a Palavra de Deus na sua vida, viva-a, conheça-a, guarde-a no seu coração e na sua mente. Tenho certeza que, mesmo passando pela cruz, você vai estar de pé, fortalecido pela Palavra que fez de você um homem, uma mulher de Deus. Tenho certeza que você vai ser feliz imitando a Virgem Maria no cumprimento da Palavra do Senhor.

Pregação Padre Roger Luís

“Não caia na loucura de virar as costas para o presente que o Senhor nos ofereceu na cruz: Maria”, exorta padre Roger. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

São Maximiliano Kolbe disse: “Não tenha medo de amar excessivamente a Santíssima Virgem, porque você nunca chegará a amá-la como Jesus a amou”. Maria é uma poderosa aliada dos cristãos no combate espiritual.

O primeiro Evangelho, a primeira Boa Notícia da Bíblia está em Gênesis 3,15:

“Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar, e ela lhe esmagará a cabeça”. Quem é essa mulher? É Maria. Aqui está revelada a única inimizade permitida por Deus. A inimiga direta de satanás é a Virgem Santa, aquela que recebeu a missão de esmagar a cabeça da serpente.

Maria é o plano de salvação para o mundo. Jesus teve uma Mãe e o papel dela está em Gênesis 3: esmagar a cabeça da serpente. Não caia na loucura de virar as costas para o presente que o Senhor nos ofereceu na cruz: Nossa Senhora.

A Virgem Santa é a confusão dos demônios. O inferno morre de medo daquela que disse ‘sim’ para Deus. Nós fomos beneficiados pela entrega da Virgem, que salvou a todos nós, filhos e servos. Fomos consagrados a Deus pelo ‘sim’ de Maria.

Transcrição e adaptação: Michelle Mimoso

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo