Guiados pela graça do Espírito

Pregação com padre Serginho Farias

Padre Serginho Farias. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Deus quer nos dar a Sua graça por meio do Espírito Santo

Mais uma vez, vamos renovar a nossa consagração ao Espírito de Deus. Por isso eu o convido a abrir a Sagrada Escritura no Evangelho de Lucas 4,17-20:

“Foi-lhe dado o livro do profeta Isaías. Desenrolando o livro, escolheu a passagem onde está escrito (61,1s.): ‘O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu; e enviou-me para anunciar a boa nova aos pobres, para sarar os contritos de coração, para anunciar aos cativos a redenção, aos cegos a restauração da vista, para pôr em liberdade os cativos, para publicar o ano da graça do Senhor. E enrolando o livro, deu-o ao ministro e sentou-se; todos quantos estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. Ele começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu este oráculo que vós acabais de ouvir’.”

O Senhor Jesus é a manifestação sublime e a revelação que Deus dá de Si mesmo. Jesus contém tudo aquilo que o Pai quer nos revelar. Ao proclamar essa passagem, Ele anuncia um novo tempo na vida daqueles homens e também na nossa vida.

Percebemos que o mundo está cada vez mais enlouquecido, porque está excluindo e matando Deus de sua história. Mas, sem perceber, as pessoas ainda procuram por esse Deus. Nós precisamos de sinais para acreditar neste Pai que atua na nossa vida, que realiza milagres e conversões, que santifica Seu povo.

Algumas vezes, o nosso coração insiste em sair da vida no Espírito. E a distância faz com que o nosso coração sinta saudades d’Ele. Tenho a certeza de que muitos de nós já passamos pela situação de querer “jogar a toalha”, justamente por nos afastarmos da experiência de amor que fazemos com Deus e com o Espírito Santo que santifica a nossa história. Sinto saudades daquela ousadia no Espírito, da busca pela santidade que as pessoas tinham antigamente.

Vou celebrar sete anos de sacerdócio no dia 14 de outubro. Desses anos para cá, tenho testemunhado, na minha vida e também na vida dos outros, a graça do milagre da conversão, de um Deus que continua realizando maravilhas. O Senhor tem me dado a graça de perceber que o Paráclito me ungiu para proclamar a Boa Nova aos pobres.

Pregação padre Serginho

“O Espírito Santo habita o nosso coração e nos pede uma decisão”, afirma padre Serginho. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Nós vemos os sinais desse Deus que continua mudando o nosso coração; e Ele tem pressa para nos amar.

Trago para esta pregação o testemunho de um casal que tinha “um pé no mundo e outro na Igreja”. Eles, muitas vezes, chegavam a barganhar as coisas com Deus sem querer, dando passos largos para o inferno na inocência e na ingenuidade. O filho deles nasceu com leucemia, que é câncer no sangue. Os médicos, praticamente, disseram que o menino não tinha cura. Mas a doença que afligia essa criança curou o coração dos pais.

O Senhor não tinha apenas a intenção de curar o câncer daquela criança, mas também de converter o coração daqueles pais. Entre uma doença e um coração, Deus ficou com o coração.

Foram três anos incansáveis de oração, sem perceber que a graça não estava somente em curar o filho, mas também em curar a alma do casal. Depois desse tempo, o Senhor curou o coração de Cacá Siqueira e de sua esposa, Cris. Deus fez uma obra maravilhosa como prova desse amor.

A leucemia não existe mais na vida dessa família. Essa criança estava careca, mas agora tem um monte de cabelo, porque Deus a curou, mas, antes de curá-la, o Senhor curou os pais dela. A maior graça que eu vejo aqui é a busca pela santidade que hoje eles têm.

Conto isso a você, porque, nos tempos de hoje, as pessoas pensam que Deus não é capaz de realizar as graças e os milagres que Ele realizou em Cafarnaum, na Galileia. Ali, naquela sinagoga, o Senhor inaugurava um tempo novo.

O Senhor não quer apenas curar o nosso coração, pois isso é pouco perto do que Ele quer realizar na nossa vida. Ele quer nos dar a graça de viver uma vida no Espírito. Deus nos pede uma decisão.

O que, de sua vida, você precisa retirar? O que você precisa cortar, no seu coração, para viver no Espírito Santo?

Deus quer muito mais do que nós, mas para a graça acontecer é preciso que assumamos o batismo. O Espírito do Senhor está sobre nós, porque somos batizados. Ele habita o nosso coração e nos pede uma decisão a fim de que aconteça a cura da nossa família, a conversão dos nossos filhos. Ele quer nos dar o Espírito Santo. A cura e a libertação vêm por meio dessa Palavra: “Buscai, em primeiro lugar, o Reino dos Céus e tudo virá por acréscimo”.

“Senhor, dai-nos a graça de percebermos que sem o Espírito Santo não somos nada”.

Há quanto tempo você não sente a ação de Deus agindo em você? Há quanto tempo você não se prostra de joelhos e diz: “Fica comigo, Espírito Santo, faça-me apaixonado por Jesus. Venha fazer morada em mim, dá-me essa certeza de que eu sou um vitorioso, apesar de tudo”.

Transcrição e adaptação: Guilherme Zapparoli


Padre Serginho Farias


Sacerdote da Comunidade Voz dos Pobres e Diocese de Campo Limpo

Facebook

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo