A vida precisa estar focada na busca do Reino de Deus

Evandro Nunes

Evandro Nunes prega em Quinta-Feira de adoração. Foto: cancaonova.com

Evandro Nunes prega em Quinta-Feira de adoração. Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

“Jesus voltou-se então para seus discípulos: “Portanto, vos digo: não andeis preocupados com a vossa vida, pelo que haveis de comer; nem com o vosso corpo, pelo que haveis de vestir. 23.A vida vale mais do que o sustento e o corpo mais do que as vestes. 24.Considerai os corvos: eles não semeiam, nem ceifam, nem têm despensa, nem celeiro; entretanto, Deus os sustenta. Quanto mais valeis vós do que eles? 25.Mas qual de vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à duração de sua vida? 26.Se vós, pois, não podeis fazer nem as mínimas coisas, por que estais preocupados com as outras? 27.Considerai os lírios, como crescem; não fiam, nem tecem. Contudo, digo-vos: nem Salomão em toda a sua glória jamais se vestiu como um deles. 28.Se Deus, portanto, veste assim a erva que hoje está no campo e amanhã se lança ao fogo, quanto mais a vós, homens de fé pequenina! 29.Não vos inquieteis com o que haveis de comer ou beber; e não andeis com vãs preocupações. 30.Porque os homens do mundo é que se preocupam com todas essas coisas. Mas vosso Pai bem sabe que precisais de tudo isso. 31.Buscai antes o Reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo.” (Lucas 12, 22-32)

Fomos provocados pelo Senhor, neste dia, com uma pergunta provocativa: “Jesus quer te restaurar, você aceita?”.

Precisamos dar permissão ao Senhor para que Ele tome posse do território que somos nós. Mais que um novo ano, devemos crer que o Senhor nos dá um novo tempo. 

Peregrinos participam da Quinta-Feira de adoração no santuário. Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-Feira de adoração no santuário. Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

Foi por meio de São Paulo que o evangelista foi evangelizado. Lucas, que era médico, após sua experiência com Cristo, passou a ser um médico de almas. Ele escreveu um dos maiores capítulos dos evangelhos. Lucas foi o único a registrar o Magnificat, e digo isso porque existem coisas que Deus vai querer contar apenas por meio de sua história. Portanto, deixe-O fazer novas todas as coisas. 

A vida precisa estar focada na busca do Reino de Deus

Existem pessoas esperando viver coisas novas em Deus, e isso, algumas vezes, vai passar por você, pela sua missão. 

A Palavra, que para mim define o convívio de Jesus com os apóstolos, é ensinamento. Durante todo o tempo, Jesus, com sinais e vida, quis dizer a eles que se preparassem, porque, em breve, seria a vez de eles fazerem o que Jesus fazia. Assim também é conosco, Ele nos ensina a aplicarmos Seus ensinamentos em nossa vida. 

Quer um novo tempo na vida dos seus filhos? 

Seja mais visível em você o exemplo do que o discurso. Quer um giro de 180º? Seja mais latente em você o testemunho que o discurso. 

Perceba, no Evangelho, que Jesus exorta aos discípulos. Note que, quando recebemos uma exortação, reclamamos e justificamos? Jesus chama o apóstolos de fracos na fé. Imagine você ouvindo isso de alguém? 

Mais conteúdo para você: 

.: Vamos começar tudo outra vez?
.: Em seus piores dias, o Senhor aguarda o seu louvor

Naqueles três anos que os apóstolos viveram próximos a Jesus, havia pessoas pagãs, portanto, tinha-se muita influência pagã. Como acontece nos dias de hoje, precisamos evangelizar os batizados para que não vivam como pagãos, para depois evangelizar os próprios pagãos. 

No Evangelho, Jesus fala aos discípulos de coisas essenciais: comer e vestir. Porém, apesar de serem coisas essenciais, Jesus pede que os discípulos não se concentrem apenas nisso. Ele mostra que a vida precisa estar focada na busca do Reino de Deus, e isso é o principal, o mais importante. Este é o ensinamento de Jesus. 

O que Jesus está dizendo no Evangelho e para você hoje é: pare de ficar nas seguranças humanas. Lance-se nas mãos de Deus e Ele cuidará de tudo. O que Ele quer é que você confie em Sua providência, e a providência não é receber coisas de Deus, pois, às vezes, Ele nos tira coisas ou não permite situações para que sejamos poupados. 

Duas dicas que tenho para você e seu novo ano: esvazie-se de você mesmo, para que Deus, em sua Providência, possa enchê-lo do novo. Viva seu ano de esperança em Deus, não de expectativa em pessoas humanas! 

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo