Por que Jesus se transfigurou?

Por_que_Jesus_se_transfigurou

Padre Anderson Marçal. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Estamos celebrando, hoje, a transfiguração de Jesus.

Todos nós temos entes queridos que já morreram. Então, podemos pensar: “Se Jesus conversou com quem já havia morrido, nos também podemos”. Calma, porque você não é Jesus!

O Senhor quis se transfigurar diante dos discípulos, para que eles não se acostumassem com os sinais e perdessem a oportunidade de saber quem Ele era. Do mesmo jeito, nós podemos nos acostumar com tudo aquilo que Deus faz em nossa vida e não nos surpreendermos mais com Suas ações, a ponto de não percebermos que o dia de hoje é um milagre para nós.

Eles viram Jesus fazendo vários milagres, coisas maravilhosas, mas Ele se transfigurou para mostrar quem era. O que eles viram era para provar a glória de Deus.

Estamos esperando os sinais de Jesus ou o próprio Jesus? Pouquíssimas pessoas sabiam quem Cristo realmente era. Quando nos encontramos com Ele, encontramos um lugar seguro para estar.

Se eu acredito e assumo que Ele é Deus em minha vida, não existe problema algum que seja maior que Ele. A transfiguração foi para mostrar que Jesus podia unir o céu e a terra, que somente Ele é o caminho que nos leva ao Pai. Você está esperando Deus ou alguma coisa d’Ele? Pense em sua vida, nas suas preocupações.

Jesus foi com aqueles três apenas, porque Ele não queria “dar show”. Quantos de nós, muitas vezes, queremos nos tornar personalidades e nos esquecemos de ser pessoa? Não queria fazer show, queira ser transfigurado por Jesus. Não queira ser artista, queira ser pessoa.

O que acontece quando contemplamos a glória de Deus? Somos capazes de contemplar aquilo que não vemos. Quando não a contemplamos, admiramos a nós mesmos.

Quando contemplamos a glória de Deus, não queremos mais sair dela. A pessoa que contempla aquilo que Deus é não quer ficar mais na vida velha. Não existe lugar melhor do que estar na presença do Senhor e saber que Ele está na sua presença constantemente.

PorqueJesussetransfigurou

Fiéis acompanham a homilia do padre Anderson na Quinta-feira de Adoração na Canão Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Jesus quis se transfigurar para acreditarmos que Ele é Deus. Quem O contempla, quem sabe que Ele é Deus, não quer sair da presença d’Ele. É triste quando alguém que se diz cristão duvida de Deus diante do sofrimento. Quem contempla o Senhor sabe que está na Sua presença, e é por isso que, nos momentos de dor, sofrimento e raiva não O abandona, porque sabe que Ele está ali.

Corremos o risco de fazermos muitas coisas para Deus e não estar com Ele. Os cristãos que são martirizados não apresentam cara de desespero quando são mortos, porque sabem que aquela morte é ponte para o céu, porque eles estão com aquele que é a Verdadeira Ponte.

Precisamos permanecer com Jesus, porque o homem se torna aquilo que contempla. O que nós temos contemplado? Pedro desejou estar com o Senhor para ser outro Cristo e dizer, “Somos testemunhas oculares da majestade de Deus”. Para onde estão direcionadas nossos desejos, intenções e necessidades? Se você está contemplando as riquezas deste mundo, se tornará um ganancioso.

Pedro se tornou um outro Cristo, porque se transformou n’Aquele que ele contemplou. Só seremos verdadeiros cristãos se contemplarmos o Senhor continuamente. Se contemplarmos a face de Jesus, nosso sorriso será o d’Ele.

Meus olhos, meus ouvidos e coração estão nas coisas do Alto ou nas coisas da Terra? O mestre é aquele que ensina, mas, infelizmente, há inúmeros mestres que querem destruir a sua família, que quer destruir a sua vocação. Quando Pedro diz “Mestre”, é como se eles dissesse a Jesus: “Eu quero ser como o Senhor e com o Senhor eu quero me transfigurar”.

Transcrição e adaptação: Míriam Bernardes

contribuicaocn


Padre Anderson Marçal


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo