Precisamos ser homens e mulheres da Palavra

Não podemos mercantilizar a Palavra de Deus

Padre Hamilton Nascimento / crédito da foto: Wesley Almeida

Padre Hamilton Nascimento / crédito da foto: Wesley Almeida

Estamos no mês da Bíblia, ainda há pouco estávamos no mês de agosto, e logo em outubro celebraremos o mês das missões. Amados, neste mês, celebramos o mês da Palavra de Deus, que é luz para nós. Sem ela, de certo, andaríamos nas trevas. A Palavra do Senhor tem poder e sem ela ficamos completamente perdidos.

O Verbo Eterno do Pai veio nos ensinar como devemos viver, para onde estamos caminhando e qual deve ser a nossa postura. Em Lucas 5, 1, vemos o esforço que o povo fazia para ver Jesus: “Naquele tempo, Jesus estava na margem do lago de Genesaré, e a multidão apertava-se a seu redor para ouvir a palavra de Deus.”

Quando a Palavra é proclamada, meus amados, ela não volta para Deus sem produzir frutos. Alimentados pela Palavra e pela Eucaristia voltaremos para nossas casas, com certeza, bem melhor do que chegamos. Jesus continua alimentando o povo de Deus pela barca da Igreja. Nós não podemos errar ao interpretarmos a Palavra do Senhor. Na barca que estamos precisamos ter a certeza da coerência das interpretações e de que, um dia, alcançaremos em plenitude o nosso maior objetivo: o Reino dos Céus.

Não podemos mercantilizar a Palavra de Deus. Quem faz comércio com ela não tem o interesse pela salvação das almas. Nós temos a garantia de nos deixar – guiados pela Palavra – ser conduzidos ao céu. Na barca de Pedro, Jesus nos disse: “Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca”, ou seja, conheça a Palavra de Deus, busque os meios para isso. Aprofunde-se nos estudos da Sagrada Escritura, porque é por meio dela que “conheceremos o pensamento de Cristo”, como nos ensinou São Paulo.

Padre Hamilton Nascimento conduz homilia na Santa Missa da Canção Nova / crédito da foto: Wesley Almeida

Padre Hamilton Nascimento conduz homilia na Santa Missa da Canção Nova / crédito da foto: Wesley Almeida

Jesus disse aos Seus discípulos que eles não se preocupassem quando Ele morresse porque Ele nos enviaria Seu Espírito Santo. Nós não convivemos com Jesus, como fizeram os discípulos d’Ele, mas temos a graça de conhecer os pensamentos d’Ele por intermédio do Espírito. Só teremos os gestos e o modo de viver de Jesus se mergulharmos na Palavra de Deus.

Temos acompanhado um profundo abandono da Sagrada Escritura. As pessoas não a leem e muito menos a estudam. Para que nós a tenhamos em nossa mente e em nosso coração devemos estudá-la, ou seja, “avançar para águas mais profundas”, pois ela tem o poder de nos ressuscitar. Quando vierem as situações difíceis nós temos, na Palavra de Deus, a fortaleza e o ponto seguro, por isso precisamos ser homens e mulheres da Palavra.

Sem a inspiração de Deus toda e qualquer palavra que ouvimos é em vão. Sem ela não podemos crescer. Estamos em construção, não somos pessoas plenamente curadas. A Palavra de Deus tem o poder de nos restaurar. A sabedoria que buscamos para lidar com as situações vem do Senhor. Quanto mais meditamos a Palavra de Deus, tanto mais sábios nos tornamos. Para isso acontecer, devemos ser pessoas dispostas, do contrário, seremos pessoas de coração duro.

"Não podemos mercantilizar a Palavra de Deus," exortou o padre Hamilton

“Não podemos mercantilizar a Palavra de Deus,” exortou o padre Hamilton

Não desacredite do que o Senhor fala com você pelas Sagradas Escrituras. Tenha um coração aberto à Sua Palavra. Quem não tem disposição no coração a respeito da Palavra acaba ficando com o coração completamente duro.

Que o Senhor abra os nossos corações para que tenhamos ânimo e gosto pela leitura e pela vivência da Palavra, para que ela conduza nossos passos. Em Atos 20, 32, lemos: “Agora eu vos encomendo a Deus e à palavra da sua graça, àquele que é poderoso para edificar e dar a herança com os santificados”, ou seja, que a Palavra de Deus seja a nossa casa e nosso amparo, porque, se ela nos conduzir, nós não nos afastaremos do desejo do Senhor. Deixar que a Palavra nos conduza não é fácil, mas é necessário.

O segredo da Canção Nova é a Palavra de Deus, sem ela não temos nada o que anunciar, a não ser a nós mesmos. Somos convidados a nos alimentar da Palavra diariamente, para que assim, sejamos plasmados por Deus. Quando isso acontecer, sem perceber, vamos mudar o nosso modo de ser, tanto no falar como no agir e no pensar.

Você tem confiado na Palavra de Deus? Então obedeça-a: “Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca”. Se nós mergulharmos na Palavra de Deus nada irá nos fazer sucumbir.

Transcrição e adaptação: Luana Oliveira


Padre Hamilton Nascimento


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo