Contemplando milagres pela intercessão de Maria

contemplando-milagres-pela-intercessao-de-maria

Gilberto Barbosa. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Papa Francisco nos alerta a não deixarmos de estar com a Palavra de Deus nas mãos.

Meditemos a Palavra de Deus em Gênesis 1, 1-13: “No princípio, Deus criou os céus e a terra. A terra estava informe e vazia; as trevas cobriam o abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as águas. Deus disse: ‘Faça-se a luz!’ E a luz foi feita. Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. Deus chamou à luz DIA, e às trevas NOITE. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o primeiro dia. Deus disse: ‘Faça-se um firmamento entre as águas, e separe ele umas das outras’. Deus fez o firmamento e separou as águas que estavam debaixo do firmamento daquelas que estavam por cima. E assim se fez. Deus chamou ao firmamento CÉUS. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o segundo dia. Deus disse: ‘Que as águas que estão debaixo dos céus se ajuntem num mesmo lugar, e apareça o elemento árido.’ E assim se fez. Deus chamou ao elemento árido TERRA, e ao ajuntamento das águas MAR. E Deus viu que isso era bom. Deus disse: ‘Produza a terra plantas, ervas que contenham semente e árvores frutíferas que deem fruto segundo a sua espécie e o fruto contenha a sua semente.’ E assim foi feito. A terra produziu plantas, ervas que contêm semente segundo a sua espécie, e árvores que produzem fruto segundo a sua espécie, contendo o fruto a sua semente. E Deus viu que isso era bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o terceiro dia”.

Que coisa importante o autor de Gênesis quis nos mostrar: as belezas de Deus. Essa história quer mostrar toda a realidade da criação do homem e da mulher. Em todos os lugares deve haver disciplina, principalmente, em nossa vida. Temos regras e normas a serem seguidas. A Bíblia nos fala que Deus caminhava com Adão e Eva todos os dias no jardim, havia muita felicidade ao se encontrarem. Na história da criação humana, Deus permitiu que Adão e Eva comessem todos os frutos daquele jardim, exceto a maçã.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A serpente representa o mal que quer estar entre nós, entre nossa humanidade. Numa conversa entre Adão e Eva, a serpente os questiona sobre os frutos daquele jardim e se refere justamente à maçã proibida, aquela que Deus lhes disse que não poderiam comer. Adão e Eva foram tentados pela serpente malvada, que despertou neles a curiosidade.

“Então Deus disse: ‘Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastem sobre a terra.’ Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher” (Gênesis 1,26-27).

No centro de nossa vida, só quem pode ficar é Deus! Ele quer ser o centro de tudo, desta forma, todas as coisas devem ser para Ele.

Qual é a dificuldade de ser semelhante a Deus? A serpente tinha um objetivo: estar no lugar do Senhor. Podemos ser semelhantes à imagem de Deus, porém não podemos ser Ele.

Maria passa à frente de nossas misérias, de nossa pequenez. Não podemos ter medo de entregar nossa casa, nossos amigos, nosso futuro nas mãos de Nossa Senhora!

A Bíblia é muito rica em ensinamentos, porque nos ajuda a refletir sobre a nossa caminhada de fé no dia a dia. Precisamos construir uma ponte até a Virgem Maria. Deus precisava de alguém e essa pessoa foi Nossa Senhora, a corredentora, aquela que disse “sim” à vontade de Deus para nos salvar! A partir do Verbo Encarnado, iniciou-se todo o processo de nossa salvação!

contribuicaocn

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida 


Gilberto Barbosa


Fundador da Comunidade Obra de Maria

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo