A importância do nosso batismo

A Igreja convida  a compreensão da importância do batismo

Padre Chrystian Shankar - Foto: arquivo cancaonova.com

Padre Chrystian Shankar – Foto: arquivo cancaonova.com

A Igreja mãe e mestra convida o mundo inteiro a se debruçar nos mistérios do batismo do Senhor, porque ele remetia a quem era Jesus, assim é o nosso batismo, ele nos revela quem somos.

Na segunda leitura Pedro nos lembra aquilo que somos: um povo de sacerdotes, profetas e reis. Recebemos essa vocação no dia do nosso batismo. Até no inferno somos batizados, porque o batismo tem caráter indelével. Através do batismo nos tornamos família de Deus, sem ele não nos tornamos parte do corpo místico de Cristo. Jesus ordena: “Ide e batizai a todos”. Batismo válido é o trinitário, ou seja, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Existem pessoas que foram batizadas, porém não viveram o seu batismo. Há pessoas que ainda não reconhecem que os outros também são filhos de Deus, por isto, apontam demais, acusam demais.

Veja também:

:: Os amigos do Noivo
:: Fica em nossa casa, Senhor
:: Quando a salvação entra em nossa casa
:: Os pontos essenciais para a educação dos filhos

Na carta de São Pedro ele reconhece que Deus não faz acepção de pessoas. Somos filhos de Deus através do batismo, somos, mas não como Jesus. O batismo nos adota como filhos de Deus, mas não na escala de Jesus, pois não somos deuses.

Se você é batizado, você é filho de Deus, Ele é seu pai. Quando rezardes, dizeis: “Pai Nosso”.

Se reconhecermos que Deus é nosso Pai e que Ele não faz acepção de pessoas não ficaremos acusando uns aos outros. Parece que o pecado de quem tem fé fede menos que o de quem não tem. Para Deus não há ninguém melhor que ninguém.

Com a mesma facilidade que o mundo te coroa ele o destrona, mas a coroa que o Senhor tem para você sua família ninguém a tira. O mundo passa e se você não estiver em Deus, você passa com Ele. Jesus passou por este mundo fazendo o bem porque Deus estava com Ele. Mostre que Deus está com você fazendo o bem, mas o que sua mão direita faz, sua esquerda não precisa saber, é o Senhor quem nos vê em segredo quem nos recompensará, do contrário, já teremos recebido nossa recompensa.

Tem cristão que parece político, faz caridade e conta para todo mundo, quer ser aclamado como o bom, caridoso. Certa vez,  São Clemente entrou na caverna e pediu ajuda a um homem, este homem encheu a boca de cerveja e cuspiu na cara de, o santo respondeu que ele havia lhe dado o que ele merecia, pediu que agora ajudasse os pobres.

Quero destacar uma curiosidade, Jesus foi batizado no Jordão. A palavra Jordão significa aquele que desce, e Jesus ali foi batizado por João para também descer. O Senhor desceu à condição humana, Ele não precisava passar pelo batismo de João que era um batismo de conversão, mas quis para se igualar a humanidade.

No sacramento do batismo Deus olha com amor, pois são filhos novos para Ele e para a Igreja. Não podemos nos distrair do essencial, que é ser batizado, portanto é preciso viver como tal. É preciso reavivar sempre o nosso batismo, clamando o Espírito todos os dias para que nosso batismo não seja em vão.

O batismo é importante? É bom que você saiba o local, dia e ano que você foi batizado. Tudo o que você é, é devido a seu batismo.

É de famílias cristãs que saem padres, consagrados e novos pais de famílias para Deus.

Se você é mãe e sonha em ter um filho sacerdote, não fale com seu filho, mas fale com Deus. Quando sonhamos com Deus as coisas acontecem, sem o batismo eu nunca seria um sacerdote.

Não importa qual é sua vocação, se é sacerdote, pai, mãe, celibatário, o importante é assumir o seu batismo e ser de Deus onde você está.

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair

Adquira esta pregação pelo telefone: (12) 3186 – 2600

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo