À espera do mundo novo

Carlos Biajoni
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Somos chamados a nos preparar para a segunda vinda do Senhor

Somos chamados a algo maior, aos céus, onde não haverá choro nem doenças. Nós temos de estar na expectativa do Senhor que vem para salvar. Ele enxugará as nossas lágrimas. 

Como filhos de Deus, precisamos ter o desejo de Céu. É necessário abandonarmos as coisas que nos atrapalham e nos impedem de sermos melhores para Ele. O que mais agrada o coração do Senhor é quando, mesmo diante das nossas misérias, existe um desejo interior de querer viver a plenitude de Deus. Essa é a vontade que precisa estar em nosso coração. O plano d’Ele para nossa vida é maravilhoso. Ele não espera que estejamos prontos, mas nos capacita; essa é a pedagogia de Deus, desde que abrimos um espaço para Ele agir.

É preciso deixar que o Reino de Deus o direcione. Quando colocamos o coração na mão d’Ele, permitindo Sua ação divina, e as coisas entram em ordem. Quando há desordem, Deus já deixou de ser Rei. Nosso coração precisa estar disposto a viver a santidade, viver o Céu. 

O que o Senhor quer realizar em nós é algo extraordinário, mas é preciso uma disposição interior. O que Ele tem para nós é algo que não perece, que é eterno, diferente das coisas mundanas. Precisamos exalar eternidade.

Corremos o risco de nos acostumar e achar que as coisas não mudam, culpando Deus, achando que Ele não nos escuta. O grande responsável pela falta de mudança em nossa vida somos nós. Enquanto o nosso coração estiver nesta terra, fixado nas coisas terrenas, não conseguiremos tocar no sobrenatural de Deus. Precisamos romper com o que nos escraviza. O melhor remédio para combater nossa miséria é o Espírito Santo. Não podemos dar espaço para as coisas mundanas em nossa vida.

Veja um trecho da pregação:


Leia mais:
::Livro A Força de um Clamor
::Céu: o que a Igreja ensina sobre ele?
::As duas vindas de Jesus Cristo

 

 

Transcrito e adaptado por Rebeca Astuti


Carlos Biajoni


Missionário da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo