Cruz: o lugar da nossa ressurreição

Irmã Maria Eunice
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Jesus quis permanecer com Suas Chagas, mesmo depois de Ressuscitado, para continuar colocando em Suas Chagas as nossas dores.

Não podemos desprezar a Cruz na nossa vida, isso significaria desprezar o remédio que Deus nos deu para curar todos os nossos males. Neste mundo, nós fazemos uma caminhada Pascal: a experiência da morte e da ressurreição. 

É uma ilusão imaginar uma vida sem uma Cruz diária. Para o descrente a Cruz é uma pedra de tropeço, mas para nós que acreditamos que Jesus veio viver o mistério Pascal e viveu a Paixão, Morte e Ressurreição, nos deu um sentido novo às nossas experiências de dor, para fazer delas um caminho de ressurreição. Por isso não podemos desprezar a Cruz!

“Assim se cumpriu a predição do profeta Isaías: Tomou as nossas enfermidades e sobrecarregou-se dos nossos males.” (Mateus 8,17)

Jesus quis permanecer com Suas Chagas, mesmo depois de Ressuscitado, para continuar colocando em Suas Chagas as nossas dores. Então, coloque nas chagas do Senhor tudo o que é túmulo na sua vida, e deixe que Ele torne cada túmulo em lugar do Ressuscitado. 

Creia: há poder na Cruz de Jesus!

Ao nos chamar para segui-Lo, abraçando a nossa Cruz diária, Ele nos quer participantes da vitória da Cruz. Quem segue Jesus com a Cruz, obtém a vitória e o poder que nela tem. 

Qual é o modo de seguir Jesus? 

“Em seguida, Jesus disse aos Seus discípulos: Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me” (Mateus 16,24).

Você tem a liberdade de sair daqui decidido a seguir Jesus ou não! O discípulo é como um “diarista”: todo dia tem de dar uma resposta em querer seguir Jesus. Para caminhar com o Senhor é preciso atualizar diariamente a fé; é uma questão de decisão. 

Então, tenha a coragem de tomar a sua cruz e de seguir o Senhor! Ela nos levará ao caminho da Ressurreição!

Assista a um trecho da pregação: 

Leia mais

:: Vinde! Voltemos ao Senhor. Ele feriu-nos, Ele nos curará!
:: Eis a Cruz de Cristo! Fujam potências inimigas

Transcrição e adaptação: Nathane Rangel


Irmã Maria Eunice


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo