Revestir-se das armas de Deus

Deus quer nos revestir com as vestes da salvação

 

Frei Josué
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A Palavra meditada está em Efésios 6,10.

São Paulo foi um dos maiores guerreiros de Deus, foi uma verdadeira bênção para a Igreja. Ele, já experiente na vida, está prisioneiro e escreve uma carta aos cristãos da cidade de Éfeso.

Essa cidade foi muito atacada pelo demônio, mas ela foi também um foco de evangelização. São João está nos dizendo que nós somos como a cidade de Éfeso, estamos sendo atacados, mas Jesus cuida de cada um de nós.

Jesus espera de nós frutos maiores e melhores, mas diante do amor existem muitos ataques.

O caminho da salvação é o caminho da entrega e da confiança, mas esse caminho não é fácil. Deus quer nos revestir com as vestes da salvação, e para que possamos receber essa veste é preciso tirar os panos velhos, as vestes sujas de pecado.

O demônio é o pai da mentira, ele não quer ter filhos, não ama ninguém, ele é falso e arma ciladas.

Quem tem juízo tem cuidado. Aquele que para de vigiar porque acha que está seguro, está correndo perigo.

Por que os apóstolos fracassaram? Por que a cidade de Éfeso fracassou? Porque não vigiaram, não se revestiram de Jesus.

O demônio sabe que nos ferimos e usa as pessoas que nós mais amamos, faz de tudo para nos ferir. Mas quando estamos revestidos da armadura de Deus, o mal bate e volta.

Revista-se de Deus, mude o foco, perceba com quem você está lutando. Vá na raiz do problema, combata o mal pela raiz e tire as vestes do pecado.

Confira um trecho da pregação:

Leia mais:
.:Deus faz o milagre com o que temos
.:Por que algumas pessoas alcançam milagres e outras não?

Transcrição e adaptação: Karina Silva


Frei Josué Pereira de Sousa


Ordem dos Frades menores conventuais da Província de Brasília

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo