PHN

Juventude temperada no PHN

O Brasil precisa de uma juventude temperada no PHN

 

Dunga
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Chegaram a Jericó. Ao sair dali Jesus, seus discípulos e numerosa multidão, estava sentado à beira do caminho, mendigando, Bartimeu, que era cego, filho de Timeu. Sabendo que era Jesus de Nazaré, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim!” Muitos o repreendiam, para que se calasse, mas ele gritava ainda mais alto: “Filho de Davi, tem compaixão de mim!” .Jesus parou e disse: “Chamai-o” Chamaram o cego, dizendo-lhe: “Coragem! Levanta-te, ele te chama.” Lançando fora a capa, o cego ergueu-se dum salto e foi ter com ele. Jesus, tomando a palavra, perguntou-lhe: “Que queres que te faça? Rabôni, respondeu-lhe o cego, que eu veja! Jesus disse-lhe: Vai, a tua fé te salvou.” No mesmo instante, ele recuperou a vista e foi seguindo Jesus pelo caminho. (Marcos 10, 46-52)”

Aquele homem obedeceu, ele deu um salto, jogou a capa e se aproximou de Jesus. Quando ele chega perto, Jesus lhe faz esta pergunta: “O que tu queres?”. Claro que aquele cego queria ver! Tem coisa que está na nossa cara! Muitos sabem, exatamente, o que a pessoa que está do lado precisa. Todo mundo sabe! Inclusive, se está na cara de todos aqueles que te conhecem, imagina Deus? Ele sabe o que você está precisando! Ele está olhando pra você, pai, mãe de família, filho, filha, ele olha pra você e pergunta: “O que queres que eu te faça?”.

Não se sabe o nome daquele jovem, sabe-se o nome do pai dele: Timeu. Padre Jonas nos ensinou a cavucar a Palavra de Deus. E eu fui atrás para saber quem era Timeu. Aquele homem era militar e perdeu todos os seus direitos, por causa dessa revolta, ele é crucificado e seu filho ficou cego.

Muitos olham para as pessoas que estão com as mãos levantadas, pedintes, mendigos, esses “bartimeus” de hoje. E o destino de quem usa droga passa por isso: ele não vai conseguir dinheiro, ai vender o corpo, vai parar na porta de um bar, vai beber e vai pedir uma moeda. Nós já passamos por esta experiência de mendigar alguma coisa, mas, muitos passaram por nós e nos ajudaram.

Quem vem para a Canção Nova não vem em busca de ajuda, quem vem pra Canção Nova vem em busca de solução! Não queremos ajudar você, queremos fazer parte da solução da sua vida. E a solução é reconhecer que quem passou por você através das paralelas, das pregações, dos shows, orações durante o PHN, foi o Filho de Davi, o Leão da Tribo de Judá. Grita isso:  “Filho de Davi, tem compaixão de mim!”

Não sei há quantos anos aquele homem estava cego, mas muitas pessoas passaram por ele e deixavam uma moeda, davam uma capa nova, mas, um dia, alguém passou e ele reconheceu, e gritou sem medo: “Filho de Davi, tem piedade de mim!”. Deus passou por você nestes dias. Faça ao outro aquilo que você gostaria que fizessem a você.  O PHN não é o fim, é o começo. Não estou dizendo de perfeição, estou dizendo de santidade.

Nós vamos adquirindo têmpera, e de têmpera eu entendo porque já fui mecânico de manutenção por 12 anos. Quando precisávamos fazer um martelo, íamos no pátio de material, pegávamos um pedaço de ferro, chamado de “ácido doce”. Este tipo de aço aceita ser usinado, levado para o torno, ser torneado, furado, fresado. Tem aparência de martelo, mas não pode ser usado ainda, ele é mole, precisa ser temperado para adquirir dureza o suficiente para ser utilizado como ferramenta. Eu pegava aquele martelo, levava na forja e aquecia, tirava do fogo e colocava na água. Você sentiu essa sensação aqui esses dias. Jesus te levando para o fogo, tirando você do fogo e levando para a água. Às vezes, era necessário levar no fogo – água – óleo. O que lembra fogo, água, óleo? Que linguagem na bíblia usamos para comparar a terceira pessoa da Santíssima Trindade? O Espírito Santo!

Aquele cego estava, simplesmente, sentado à beira do caminho. A única coisa que ele fazia era mendigar. “Coragem! Levanta-te, ele te chama. Lançando fora a capa, o cego ergueu-se dum salto e foi ter com ele. Jesus, tomando a palavra, perguntou-lhe: “Que queres que te faça? Rabôni, respondeu-lhe o cego, que eu veja! Jesus disse-lhe: Vai, a tua fé te salvou.” No mesmo instante, ele recuperou a vista e foi seguindo Jesus pelo caminho. (cf. Marcos 10, 49-52). De “sentado à beira do caminho”, a passagem termina dizendo: “e foi seguindo Jesus pelo caminho”.

“O que a Igreja espera de você?” A Igreja espera que você cresça e amadureça! Que não permaneça a vida inteira como jovem. Quando eu me converti tinha 18 anos, hoje tenho 53. Não dá pra ficar com 18 anos para o resto da vida, mas enquanto eu tiver 18, 20 ou 30 anos, eu continuo caminhando.

Qual o Golias que está te esperando em casa? É o traficante que está na tua porta? Enfrenta, trabalha, paga a sua dívida. Pega as pedrinhas, como padre Paulo Ricardo disse na pregação, reze o terço, adora, comunga, reze, se fortaleça para que você cresça.

Não pense que a sua missão é apenas no seu bairro, no seu grupo de oração, porque estaríamos limitando a ação de Deus. O Brasil precisa de jovens PHN e, por isso, nós vamos entregar a nossa vida a Nossa Senhora. Queremos pedir a Maria que nos dê uma nova unção.

Momento do giro das camisetas:

Leia mais:
:: Ou santos ou nada
:: Não te acovardes

Hey, alô você, preste atenção: “A fila andou e chegou a sua vez…”

                                     


 

 

 

 

 

 

 

Transcrição e adaptação: Maria Pinheiro

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo