É preciso beber o cálice

Padre Vicente
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

No coração do homem existe o anseio de encontrar a felicidade. A realização como pai e mãe e como casal. Há uma vontade de Deus que impera no seu matrimônio. Quando pensamos e falamos da felicidade, vemos o mundo quer empurrar tudo o que é cristão para o fundo da gaveta. Há cristãos que chegam a se envergonhar das coisas que o mundo fala. Como acontece em uma roda de amigos, muitos cristãos se sentem confrontados pela falta de valores das pessoas.

O conceito de felicidade, embutido nesse tempo de individualismo e de hedonismo, não tem sentido. É por isso que precisamos levantar um verdadeiro exército de testemunhos santos, de famílias apóstolas, para que as pessoas façam a experiência de uma fé viva e verdadeira. É preciso experimentar, em todas as dimensões, a força da fé e do testemunho cristão.

Eu não tenho dúvidas de que o mundo precisa de nossa espiritualidade. É por isso que Deus quis que nós começássemos esse Acampamento para Casais no dia da memória da festa de São Tiago Maior, que foi o primeiro apóstolo a dar a vida por causa do Evangelho de Cristo.

Deus pede agora à sua família e a você que descubram dentro de vocês a semente de apóstolos. O que distingue um verdadeiro apóstolo dos demais? A doutrina da Igreja nos ensina: Uma pessoa forte, perseverante, firme e resiliente até o fim. São Tiago foi um dos primeiros discípulos a ser chamado por Jesus. Ele sempre estava em momentos especiais com o Senhor, como no Monte Tabor e no Getsemani. Ele foi chamado à intimidade do coração de Jesus. Quantas coisas Jesus deve ter falado, na intimidade, a Tiago e a seu irmão João. Ao coração de João e de Tiago, que não tinham sido formados ainda.

Existem mães que, se pudessem, se fariam de tapetes para que os filhos não passassem por situações constrangedoras e dolorosas. Há pais e mães que acham que têm de construir pontes para os filhos passarem.

Deus tem me levado a falar para muitos casais que dizem: “Eu fiz de tudo para os meus filhos, mas hoje eu não os tenho ao meu lado, porque quando era para estar com eles, eu estava trabalhando em vez de ser presença para eles”. É preciso pensar muito nisso. A mãe de Tiago e João é um exemplo para nós. Jesus sabia que, no coração de Tiago e João, a mãe deles era a porta-voz. E o Senhor não queria apóstolos fracos, mas apóstolos que fossem capazes de permanecer até o fim com Ele. Por isso Cristo lhes disse: “Eu não vim para ser servido, mas para servir.”

Casais participam da homilia com Padre Vicente.
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

O critério para ser apóstolo é estar disposto a beber do cálice [do qual o Senhor bebeu]. Ao dizer isso, o Senhor afirma que precisamos estar dispostos a viver as lutas do chamado e não pularmos do barco na hora difícil. É preciso que se levantem casais apóstolos.

Os grandes se matam por causa do poder; mas, no Reino de Deus, quem quiser ser o primeiro, deverá ser o último. E Tiago, uma vez que fez a experiência com Jesus, saiu para testemunhar e, muitas vezes, foi torturado, e foi o primeiro apóstolo a derramar o sangue, o primeiro a dar a vida em nome de seu Mestre.

Deus nos diz que é preciso que se levantem famílias apóstolas com a mesma determinação de São Tiago. Houve uma família em Aracaju que ficou soterrada num desabamento, e o pai pediu para ser retirado de lá por último. E quando eu estava rezando por esse acampamento, me vinha à cabeça que o mundo tem abalado tantas estruturas. Jesus Cristo quer salvar as nossas famílias. Não é a vontade de Deus que você que fique soterrado debaixo desses escombros da dor e do pecado. E por isso Ele está nos dizendo: “Salve a minha família!”

Para conseguirmos essa graça a primeira atitude a ser tomada é aprendermos a arte do apostolado. É preciso que você tome posse dos ensinamentos de Jesus para combater as ideologias do mundo, que estão querendo soterrar nossas famílias!

É preciso perseverar! Há muita gente ficando pelo caminho, porque não tem perseverado na graça da intimidade com Jesus. Diferente de Tiago, que nunca deixou de ouvir os ensinamentos de Jesus, por isso perseverou. É preciso olhar para Jesus. O apóstolo não nasce pronto; ele vai sendo construído ao ouvir a voz do Mestre. A marca do primeiro apóstolo é a perseverança. Nunca tantas pessoas se casaram, mas também nunca houve tantos divórcios. O que Deus está pedindo para vocês é algo muito maior. É preciso que vocês ponham os pés no chão. Quando você se assume como apóstolo, você se dispõe a ir até o fim e consegue perseverar.

A verdadeira alegria do casal não são os bens que eles possuem; esta também não se encontra na aparência, nem nas casas bonitas, mas sim na perseverança dos dois. É preciso parar e olhar um nos olhos do outro e dizer: “Nós não somos perfeitos, mas nos ensinamentos da Igreja, com Jesus, nós vamos chegar até o fim!” Se for preciso perdoar, perdoe.

Se existe uma coisa que agrada o meu coração de padre é poder abençoar um casal em bodas de ouro. Porque muitos têm desistido do matrimônio. É preciso recuperar a têmpera e a perseverança. Eu não sei se vocês chegarão a comemorar as bodas de ouro, mas o que eu sei é que vocês precisam ser perseverantes até o fim.

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D'Onofrio.


Padre Vicente Neto


Sacerdote da Comunidade Bethânia

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo