Matrimônio: um caminho de santificação

Deus nos ensina a vivermos no caminho de santificação

Matrimônio um caminho de santificação

Lúcio Domício. Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

Reflita com a Palavra de Deus que está em I Tessalonicenses 4, 3; e, a guardai em seu coração. A vontade de Deus para nós é que sejamos santos, pois esse é o grande projeto vocacional do Senhor para nós.

Esse chamado de Deus está expresso em nós desde o nascimento, ou seja, um dom oferecido a todos sem distinção. Papa Francisco nos diz que a santidade é o rosto mais bonito da Igreja!

Uma vida de santificação

Vocação e santidade são prioridades divinas, então, para mudar a sua vida é preciso estabelecer a ordem de suas prioridades. Na vida, em quaisquer que sejam as circunstâncias, temos de ter prioridades.

Neste tempo, a Igreja nos ensina a importância da vocação. Aqui, nos aprofundaremos na vocação ao matrimônio. Saibam que somos chamados para viver uma vocação, assim como a sacerdotal.

Todos são chamados a serem santos, mas cada um precisa entender o seu caminho de santificação. Deus quando nos coloca em uma família, Ele está nos matriculando no educandário da santidade, porque, na família, somos educados para a santidade.

É na família que somos educados para Deus, pois, a realização plena dela nos aproxima do Céu. Pensar na eternidade sem os membros da sua família é estar vazio. O legado que podemos deixar para a nossa família é o Céu.

Devemos, então, enxergar a importância do que Igreja tem nos ensinado sobre o caminho que precisamos seguir. A família deve ser defensora da vida!

Leia mais:
.: Homem e mulher, Deus os criou
.: Família: projeto de Deus
.: Exercer a misericórdia no matrimônio

Quais seriam as prioridades para uma família santa?

Primeira prioridade: é preciso adorar a Deus, porque Ele precisa vir antes das pessoas e das coisas. Para Deus devemos dar o melhor tempo e o melhor de nós, porque a nossa vida precisa ser organizada a partir d’Ele.

Nós nos casamos para nos tornarmos uma só carne. Mas, mesmo nos tornando uma só carne, o outro não pode ser o primeiro, e sim Deus.

Colocar o Senhor em primeiro lugar é estabelecer uma relação de intimidade com Deus. O caminho de santidade da família é o que nos leva para Deus, mas existem coisas e situações que nos afastam do Senhor.

Cristo tem de estar no centro da nossa vida e da nossa casa. É preciso recordar sempre  para que Deus seja sempre o primeiro. É necessário derrubar a idolatria e tirar aquilo que está ocupando o lugar de Deus e nos atrapalhando a viver santidade, então, é necessário quebrar a idolatria na sua família.

No matrimônio, o seu cônjuge e filhos precisam estar em segundo lugar, para assim, Deus estar em primeiro. Não é deixar de expressar o seu amor e carinho por sua família, mas reservar um tempo para Deus.

A segunda prioridade é a harmonia familiar. Se primeiro é Deus, a segunda tem de ser a família, isto é, uma família unificada pela presença do Senhor.

Onde tiver dois seres humanos juntos, haverá amor e briga. O importante não é se fixar na brigas, e sim procurar resolver as divergências. O pêndulo da harmonia é o amor, por isso, é preciso cultivar o relacionamento amoroso e o diálogo.

A harmonia na família é conquistada quando cada um sabe o seu lugar. Nesse sentido, precisamos amar as pessoas e usar as coisas, dando o lugar que cabe a cada um. Isso gera uma harmonia tão saudável e entendemos o quanto Deus nos ama.

Qual é o ritmo do compasso da sua vida?

O tempo todo estamos correndo e acabamos nos esquecendo de dar atenção à nossa família.

A terceira prioridade é não vivermos sozinhos, pois para construir uma santidade em família é preciso estar em comunidade. Assim, pessoas entram na nossa vida e nos ajudam a sermos pessoas melhores. Permita que outras pessoas entrem na sua vida!

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo