O poder da oração em línguas

Padre Edison Oliveira prega na Quinta-feira de Adoração

Padre Edison Oliveira
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

O poder da oração em línguas está na profunda intimidade com Deus

A experiência com o dom de línguas vem de forma diferente para cada um, para alguns vem no louvor; para outros na leitura da Palavra. O importante é um coração aberto à experiência com o Espírito Santo.

O batismo com o Espírito Santo é a confirmação do revestimento do Espírito, e com Ele há os dons espirituais. Contudo, o mais importante é a transformação que ocorre no coração do ser humano.

O mistério da Oração em Línguas

Durante a oração em línguas, o Espírito ora em nós. Mas, como acontece esse mistério? Para entender como isso acontece é importante compreender como se constitui a trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Logo, quando oramos em línguas, participamos da intimidade e do amor entre o Pai e Filho, somos envolvidos pela atenção e pelo cuidado trinitário.

Quando oramos em línguas, adquirimos uma melhor compreensão dos propósitos de Deus para nós; e por meio da ação do Espírito Santo, compreendemos melhor a Palavra. Adoramos melhor e principalmente temos a nossa vida preenchida por uma necessidade de orar.

A ação do Espírito em nós, nos transforma e nos ajuda a amar, a perdoar, a nos compadecer, pois o Espírito nos sonda e nos conhece melhor do que nós mesmos. Ele sabe as nossas intenções e conhece as nossas necessidades.

Quando oramos em línguas, não é a nossa inteligência em ação, as palavras são determinadas pelo Espírito Santo, mesmo apesar de usarmos nossas bocas e de termos consciência do nosso corpo. Essas “palavras” ininteligíveis são produzidas pelo Espírito Santo e se expressam com Ele da melhor maneira.

Poder que vem pela oração em línguas 

Mas, qual o poder da oração em línguas? É o de gerar em nós, maior intimidade com Deus. O importante na oração em línguas não são as palavras, mas o mistério da intimidade do ser humano com Deus, direcionado pelo próprio Espírito Santo.

A partir dessa intimidade, da abertura a condução pelo Espírito, manifestam-se os demais dons, em que mediante a providência divina, podemos usar do dom de profecia; da palavra de sabedoria; da palavra de ciência e etc. Porém, tudo isso depende de nos desapegarmos do desejo inconsciente de conduzir a Deus, no lugar de nos deixarmos ser guiados por Ele.

Oração em línguas: canal direto de intimidade com Deus 

O dom da oração em línguas nos permite ter um canal de contato direto com Deus. Diferente da nossa comunicação que é medida pela voz ou por instrumentos tecnológicos, a oração em línguas é um canal sobrenatural e direto de comunicação com Deus.

Na oração em línguas, o ser humano experimenta uma unidade nova de ser um só corpo, uma só alma e um só Espírito com Deus, numa poderosa intercessão e, desse modo, gerando uma maior intimidade com Deus.

Como podemos ser ajudados pela oração em línguas? A oração em línguas marca a abertura para os outros dons, nos prepara para ouvir, para entender a vontade de Deus, e nos permite ser receptíveis para a transformação, para que as outras pessoas possam ver Deus em nós.

Sejamos abertos à experiência com Deus, por meio da oração em línguas, para que Ele possa trabalhar em nós.

Assista a um trecho da pregação:

Leia também:
Batismo no Espírito Santo
Recebam o Espírito Santo para dar a vida

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo