Viver o Pentecostes todos os dias

Padre Bruno Costa
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Pentecostes é tempo de proclamar Cristo como o centro de nossas vidas

Hoje, somos convidados a proclamar Cristo vivo e ressuscitado! Precisamos ser o quinto Evangelho vivo, assumindo nossas limitações, mas fundamentados em Jesus, pois Ele deve ser o centro de nossas vidas. Esse é o sentido de Pentecostes, que deve ser vivido todos os dias.

Devemos ter uma atitude como a de João, buscando estar sempre próximo de Cristo, atentos ao que Ele fala, ao caminho que Ele nos indica. Viver com vontade de alcançar o céu e estar com Ele.

Confira as fotos do acampamento

Nossa fé seria vã se não compreendêssemos que o céu é nosso objetivo, que a morte é apenas uma transição. Se crermos em Cristo, almejaremos o céu, mas se não é esse o nosso objetivo, desperdiçamos nosso tempo. Tenhamos, então, claro o nosso alvo.

O sofrimento, por vezes, é o preço que precisamos pagar para nossa santificação. Ainda que ninguém deseje o sofrimento, ele é necessário para nosso amadurecimento. O sofrer é transitório, mas nossa vitória é definitiva! Tenhamos, pois, convicção no cuidado de Deus para conosco.

Entregar-se, genuinamente, a Deus é desafio que temos neste Pentecostes, é a consciência de que o caminho no Espírito, por vezes, pode parecer difícil, mas não é impossível. Deus está conosco. Nunca estamos sós, Ele está conosco neste caminho, no entanto, precisamos fazer a nossa parte.

Que hoje não seja apenas mais um Pentecostes em nossa vida, mas um dia de decisão e mudança. Renunciemos ao mundo e ao pecado, aceitemos que Deus tenha liberdade em nós, para que o Espírito Santo possa trabalhar em nossa vida.

Assista a homília completa:

Leia também:
O Espírito do Senhor está sobre mim, porque o Senhor me ungiu
Pentecostes, a misericórdia de Jesus

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo