PHN

Filho, eis tua Mãe

Não tenhas medo de receber Maria.Nossa Senhora é o coração com o qual Jesus foi acolhido neste mundo.

Padre Paulo Ricardo – Foto: Roger Ferrari/cancaonova.com

Deus preparou um coração cheio de amor para acolher Seu Filho Jesus: o coração de Maria.
Se olharmos nosso coração, não encontraremos amor suficiente para acolher Jesus. Quando o Amor se fez carne, quando veio ao mundo, nós O matamos. Ele, no entanto, não foi recebido, neste mundo, apenas com bofetões e cusparadas; Jesus foi recebido por Maria, e foi amado por ela como mereceu. Nossa Senhora é o coração com o qual Jesus foi acolhido neste mundo.

Deus é Amor
Deus criou nossos primeiros pais: Adão e Eva. Deus nos criou, e nos criou como amigos. Nós sabemos que Ele é amor, mas temos medo d’Ele. “E se a vontade de Deus não for boa?” Isso acontece por causa do pecado original. Ele é amor infinito, mas dentro de todos nós existe um medo de nos entregarmos a Ele.

Deus nos ama! Ele é nosso amigo! E a tentação nunca vai ser maior do que a graça de Deus, que está ao nosso lado, sustentando-nos. O diabo sabe como tentar você, deixando espaço de liberdade, para que a responsabilidade seja sua.

:: Confira as fotos do PHN!

Qual a maior tentação que o diabo usa? A mentira. A serpente colocou, no coração de Eva, que Deus é um enganador, que, no fundo, Ele não queria nosso bem.

Quando pensamos “católico não pode nada”, nossa revolta é com Deus, mas foi a serpente que colocou, em nosso coração, que Deus é mentiroso, é mau. Se Ele nos nega as coisas, é porque não nos quer bem. Adão e Eva começaram a tratar Deus como se Ele fosse um inimigo. Então, o Senhor amaldiçoou a serpente como animal traiçoeiro: “Porei inimizade entre ti e a mulher”.

Maria no plano de salvação

Eva foi a Mulher, a Virgem, a Imaculada sem pecado, a Noiva. Ela foi visitada por um anjo. Maria faz parte do plano de salvação de Deus. Se a perdição entrou pela desobediência de Eva, Deus quis que a salvação entrasse, na nossa vida, por uma Mulher.

“Deus quer precisar da Virgem Maria. E se Ele precisa dela, nós também precisamos.” Nenhum católico tem dúvida: Jesus é o único mediador entre o homem e Deus. E para que Ele seja o Mediador, é preciso que seja verdadeiramente Deus e verdadeiramente Homem.

Jesus é a ponte, mas essa ponte quis Deus que passasse por uma porta. Como Eva desobedeceu, Maria, obediente, disse: “Eis aqui a serva do Senhor”. A porta se abriu e a salvação entrou no mundo por meio da Virgem Maria, que é a Porta do Céu! Ela é a porta pela qual passou o Mediador Universal.

Leia mais:
.: Feliz na prova 
.: Deus quer nos conceder provisão e proteção

.: Mais conteúdo do padre Paulo Ricardo

O que Deus nos diz, hoje, é o mesmo que o anjo disse a José: “Não tenhas medo de receber Maria”. Foi Deus quem a deu para nós. Ela não é uma mulher qualquer, Ela é a Mulher!

Quando admiramos Maria, ela se torna para nós o reflexo do amor de Deus.

O pecado original nos levou a ter medo de Deus. Nós somos como Adão e Eva, escondidos atrás do arbusto, mas Deus enviou uma Mulher, porque ninguém tem medo de se entregar nos braços de uma boa Mãe.

Diga para Nossa Senhora: “Mãe, eu estou com medo! Cuida de mim! No teu colo, Mãe, cuida de mim!”. Se nós nos entregarmos a Maria, Ela vai nos entregar para Deus. Quando nos aproximamos da lua, vamos, diretamente, para a luz do sol. Se nos entregarmos para Nossa Senhora, já estaremos no coração de Deus. Não tenhamos medo de nos entregarmos a Maria, porque ela nos entregará para Deus.”

Transcrição e adaptação: Thati Kedma

Veja pregação completa:

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo