O cultivo da vinha interior é um serviço que nos une a Cristo

Flávio Crepaldi

Flavio Crepaldi – Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

Convido você a pegar a sua Bíblia e fazer a experiência de tocar a Palavra de Deus. Faça a experiência do acolhimento de Deus. Viva esse momento! Entenda que o Pai vai ao seu encontro, já que você não pode ir ao encontro d’Ele.

“Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, proprietário, que saiu de madrugada a contratar trabalhadores para a sua vinha. Ajustou com os trabalhadores o salário de um denário por dia, e mandou-os para a sua vinha. Cerca da hora terceira saiu, e viu que estavam outros, ociosos, na praça, e disse-lhes: Ide também vós para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram. Outra vez saiu, cerca da hora sexta e da nona, e fez o mesmo. Responderam-lhe eles: Porque ninguém nos contratou. Disse-lhes ele: Ide também vós para a vinha. Responderam-lhe eles: Porque ninguém nos contratou. Disse-lhes ele: Ide também vós para a vinha. Ao anoitecer, disse o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até os primeiros. Chegando, pois, os que tinham ido cerca da hora undécima, receberam um denário cada um. Vindo, então, os primeiros, pensaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um denário cada um. E ao recebê-lo, murmuravam contra o proprietário, dizendo: Estes últimos trabalharam somente uma hora, e os igualastes a nós, que suportamos a fadiga do dia inteiro e o forte calor. Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injustiça; não ajustaste comigo um denário? Toma o que é teu, e vai-te; eu quero dar a este último tanto como a ti. Não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?” (Mateus 20, 1-15)

No serviço, o protagonista é o Espírito Santo, que dá vida e santifica todas as coisas, porém, pensemos mais a respeito: se é o Espírito quem faz todas as coisas, Ele não age sozinho, mas sim por meio das pessoas, por isso precisamos estar unidos ao Espírito Santo!

Seja trabalho de casa, seja o trabalho específico que realizamos ou a educação dos filhos, precisamos estar repletos do Espírito Santo; sem Ele estamos ocos, vazios.
Por mais que por fora sejamos tão bonitos e ungidos, por dentro, quem somos nós?

🔈 Inscreva em nosso canal do telegram http://t.me/cancaonova

📲 Assine nosso canal no Whatsapp https://bit.ly/zapcnoficial

O proprietário chama ao serviço da vinha

A vinha é a própria obra da nossa salvação, e nós precisamos estar unidos ao Cristo. O Espírito Santo precisa ser protagonista da nossa vida, e nós precisamos trabalhar a nossa vinha interior, fazer com que ela dê frutos, fazer com que Cristo esteja plantado no centro dela. Esse foi o trabalho que o proprietário deu para os que chamou.

Quem somos nós? Os desocupados com a nossa vinha interior e preocupados com tantas coisas sobre as quais não temos controle? Como está a obra de salvação da nossa vinha? O Pai das Misericórdias, que é o proprietário, pergunta-nos isso hoje!

“Deus também nos convida para agirmos no mundo, mas a partir do nosso contato interior com Ele.” (Flavio Crepaldi) – Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

O pagamento por nosso trabalho em nossa própria vinha é a nossa salvação; é a generosidade de Deus que nos assegura disso. O Pai nos chama hoje, Ele nos chama a nos ocuparmos com a nossa própria vinha.

Quando o proprietário chama, Ele chama os operários que estavam desocupados. Ele nos chama a trabalhar na vinha certa, a nos desocuparmos das coisas que passam.

Teresa D’Ávila diz que a nossa alma é como um castelo, e no centro dele mora o próprio Deus. Mas o que acontece? Muitos estão ocupados demais e não querem entrar no castelo, estão ocupados pelas coisas do mundo, que impede de que escutem o Deus que chama.

Da vinha interior para o mundo

É necessário cultivar o cuidado com a vinha interior. Se cuidarmos da nossa salvação, a nossa casa e os nossos familiares virão junto. Muitas vezes, exigimos dos outros, mas não temos coragem de entrar. É um trabalho que dura “um dia inteiro”.

Alguns chegaram antes, outros chegaram agora, e a você, que neste tempo de pandemia percebeu-se chamado, seja bem-vindo, seu salário será igual aos que chegaram há 30, 60 anos atrás.

Leia mais: 
.: Aprenda a cultivar a vida interior
.: No serviço da Igreja – Formação
.: Testemunho de Santa Teresa de Ávila – Formação

Deus também nos convida para agirmos no mundo, mas a partir do nosso contato interior com Ele. O critério do serviço é o amor!

Deus nos pede as coisas e quer ver se somos obedientes ao que Ele nos fala. Ele nos chama a viver no serviço, viver para Ele, fazendo com o que o nosso interior seja obediente ao Espírito Santo. Não conseguimos ser santos de uma hora para outra, é preciso cultivo da vinha interior. Estejamos em estado de graça, porque Deus se utilizará de nós!

Transcrição e Adaptação: Bruna Marta

Banner THE CHURCH

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Livro SER HUMANO