“Perseverança na oração”

Emanuel Stênio
Foto: Jorge Robeiro/cancaonova.com

Deus nos pede para romper com o pecado e seguir na graça da perseverança

A salvação nos foi dada por graça de Deus. Santo Agostinho nos diz: “Deus, que te criou sem ti, não te salvará sem ti”. Ainda não alcançamos a santidade, mas, devemos nos lançarmos à frente com perseverança, para alcançarmos a salvação.

Existe uma parcela de contribuição nossa, para atingirmos o céu, lá já tem um lugar  separado para nós, o céu deve ser a nossa meta; e São Paulo, em sua carta aos Filipenses diz assim: “(..) esquecendo o que fica para tráslançome para o que está à frenteLançome em direção à meta (…)” (Fp 3, 13- 16).

Precisamos romper com o nosso passado e, é hoje o dia para escrevermos uma nova história, por esse motivo, é importante a oração, pois é ela quem nos sustenta.

Não desista 

“Não, não pares!
É graça divina começar bem.
Graça maior é persistir na caminhada certa, manter o ritmo.
Mas a graça das graças é não desistir. Podendo ou não, caindo,
embora aos pedaços, chegar ao fim.” 

(D. Hélder Câmara)

O tempo é agora

Este é o tempo de deixar de lado tudo o que nos atrapalha, que nos impedem de buscar a santidade. O que tem nos impedido de crescer na vida de santidade?

Hoje, Deus nos pede para romper com o pecado e seguir na graça da perseverança. Ser perseverante é mesmo diante das tribulações, continuar a caminhar. Sabendo que, receberemos a “coroa da vitória”: o céu!

Ore! Retome a sua vida de oração. Não desista! Se você não reza mais, retome. A hora é agora. Não importa onde estamos, e sim, continuar seguindo decididamente!

Confira todas as fotos do Acampamento de Carnaval!

Assista a um trecho da homília: 


Veja também:
:: A sinceridade nos leva a verdadeira felicidade 
:: Tribulação: Tempo de crescimento e amadurecimento na fé

 

Transcrição e adaptação: Nathane Rangel

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo